Busca


Coluna do Blog
Sem a ternura de Eduardo


Destaques
Lula: 'Conheço Marina. Ela não ganha essa eleição'
Marina diz que o Brasil vai mudar
Marina faz comício relâmpago no meio da rua no Recife
A Dilma humana
Marina chega para caminhar nas ruas de Casa Amarela
PSB e Marina em atrito por causa de gestão financeira
Paulo Câmara: ''A hora da virada chegou''
Dilma: adversários são 'arrochadores de salários''
Ando devagar, mas com um sorriso largo
Coluna do sabadão


Opinião


Projeções de resultados eleitorais - Maurício Costa Romão
























TwitterTwitterRádio do MagnoRSS

23
08/14
Lula: 'Conheço Marina. Ela não ganha essa eleição'
lula e marina

Lula e Marina, em outros tempos

A um interlocutor que o procurou preocupado com o avanço de Marina Silva, Lula respondeu, não se sabe com que grau de sinceridade: “Conheço Marina mais do que conheço a Dilma. E posso garantir que ela não ganha essa eleição”. Quem conta é Lauro Jardim, na sua coluna da Veja Online:

''A propósito, o PT acha que já encontrou a bala de prata para esvaziar o balão de Marina Silva. Pretende explorar o que avalia como seu maior ponto fraco: suas contradições.''

Apostando na viabilidade de Marina Silva após a morte de Eduardo Campos, três pessoas registraram domínios na internet com o seu nome. Quando a equipe da agora candidata acessou a lista de endereços registrados, no dia seguinte à tragédia, doze opções já tinham donos.

O marina40.com.br, por exemplo, o preferido pela turma da campanha, foi comprado por Pedro Menezes, um estudante de 18 anos. A campanha acabou definindo o marinasilva.org.br como site oficial.

  Escrito por Magno Martins, às 12h20
 
Comentários Comentários (0) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

23
08/14
Marina diz que o Brasil vai mudar


Em fala, há pouco, no comício relâmpago de Casa Amarela, a candidata do PSB ao Planalto, Marina Silva, lamentou a perda traumática de Eduardo, disse que ele representava a nova política e que ela, agora na condição de candidata a presidente, vai quebrar a polarização no Pais e honrar os compromissos de Eduardo. "Esta renovação exige humildade. Eu dizia para Eduardo que quem vai ganhar as eleições não serão os representantes das grandes estruturas, mas a sociedade e a bravura do povo.

Marina pediu para o povo se transformar em generais nas ruas para eleger Paulo Câmara governador e Fernando Bezerra senador. Marina contou que foi analfabeta até aos 16 anos e que por isso mesmo sabe o valor da educação, dando prioridade no seu governo a uma política renovadora na educação.
  Escrito por Magno Martins, às 12h02
 
Comentários Comentários (2) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

23
08/14
Marina faz comício relâmpago no meio da rua no Recife


Ao final da caminhada em Casa Amarela, neste momento, a candidata do PSB ao Planalto, Marina Silva, participa agora de um comício relâmpago no largo de Casa Amarela com os candidatos a governador pela Frente Popular, Paulo Câmara, e ao Senado, Fernando Bezerra. Marina esta acompanhada do seu vice Beto Albuquerque.



  Escrito por Magno Martins, às 11h41
 
Comentários Comentários (4) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

23
08/14
A Dilma humana

Dilma Rousseff desembarcou anteontem em Porto Alegre e só retorna a Brasília neste sábado. Fora agendas oficiais, sempre ligadas à campanha, vai usar parte do tempo para gravar cenas para o seu programa eleitoral.

Acompanhada por João Santana, circulará na cidade em que mora sua filha, seu genro e seu neto. Irá aos locais que lembrarão sua trajetória de três décadas em Porto Alegre – sempre no estilo Dilma a mulher normal, gente como a gente, que tem sido uma das tônicas de seu programa eleitoral.

Enquanto isso, um conhecido consultor político discorda da avaliação de que Marina Silva seja uma espécie de versão feminina de Lula. Diz ele:

- Com aquele jeito messiânico, ela está mais para um Antonio Conselheiro de saia.   (Lauro Jardim - Veja Online)

  Escrito por Magno Martins, às 11h40
 
Comentários Comentários (3) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

23
08/14
Marina chega para caminhar nas ruas de Casa Amarela


A candidata do PSB, Marina Silva, chegou agora pouco em Recife para cumprir agenda o dia todo. Marina começou com uma caminhada nas ruas do bairro de Casa Amarela, o mais populoso da capital pernambucana, ao lado dos candidatos locais, Paulo Câmara (governador) e Fernando Bezerra Coelho (senado). Na parte da tarde a presidenciável segue para almoço com aliados e festa de lançamento da candidatura no clube Português.
  Escrito por Magno Martins, às 11h01
 
Comentários Comentários (7) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

23
08/14
PSB e Marina em atrito por causa de gestão financeira
Do Congresso em Foco
 
A gestão do comitê financeiro da campanha do PSB-Rede à Presidência da República esteve no centro dos desentendimentos protagonizados pelas lideranças dos dois grupos partidários nesta semana. Respaldada pelas pesquisas de intenção de voto realizadas ainda no calor da morte de Eduardo Campos, a ex-senadora Marina Silva chegou à cabeça de chapa decidida a colocar pessoas de sua inteira confiança para gerir a prestação de contas, sob o argumento de que ela seria responsabilizada em caso de falhas nos documentos.

Lideranças do PSB não receberam bem a forma como o nome de Bazileu Margarido, aliado de Marina, foi indicado pela candidata para desempenhar a função. Líderes do partido argumentaram não ter garantias de que os contratos firmados pelo ex-governador de Pernambuco serão honrados, o que poderia respingar futuramente na executiva, já que o presidente e o tesoureiro do PSB seriam corresponsáveis por honrar os pagamentos.

Clique aí e Continue Lendo...  (Na íntegra)

  Escrito por Magno Martins, às 11h00
 
Comentários Comentários (2) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

23
08/14
Paulo Câmara: ''A hora da virada chegou''

20140730-103058-37858702.jpg

Os municípios de Água Preta e Palmares foram palcos, nesta sexta-feira (22), da 'onda amarela' de Paulo Câmara (PSB) candidato ao Palácio do Campo das Princesas. Ao lado do seu companheiro de chapa Fernando Bezerra Coelho (PSB/Senado), o socialista arrastou uma multidão durante caminhadas nas duas cidades da Mata Sul. 'Meus amigos, a hora da virada chegou', disse o socialista, durante discurso na Tribuna 40.

'A gente vai ter uma bonita vitória para honrar a trajetória da Frente Popular. E vamos governar juntos com vocês', completou, sendo muito aplaudido pela multidão, que respondia com gritos de 'Paulo, Paulo, Paulo'.

O candidato da Frente Popular ao Governo do Estado pontuou que a Mata Sul receberá investimentos em diversas áreas em seu futuro governo. 'Vamos humanizar a saúde, aumentar a nossa rede e garantir que os pernambucanos, incluindo os da Mata Sul, tenham um melhor atendimento. Teremos 50 mil vagas no ensino técnico estadual. Todas as regiões terão a oportunidade de verem seus filhos qualificados', destacou Paulo Câmara.

O ex-ministro Fernando Bezerra Coelho ressaltou que a Mata Sul conhece bem o compromisso da Frente Popular com os que mais precisam. O socialista lembrou que, no período em que esteve na Esplanada dos Ministérios, trabalhou para evitar que novas enchentes sejam registradas na região.

'Tive a felicidade de ser indicado por Eduardo Campos para ser ministro da Integração Nacional,representando meu partido. No ministério pude ajudar a construir a barragem de Serro Azul, que vai proteger toda a Mata Sul e milhares de pessoas do risco de novas enchentes', disse Fernando.

  Escrito por Magno Martins, às 10h20
 
Comentários Comentários (9) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

23
08/14
Dilma: adversários são 'arrochadores de salários''

Dilma critica "pessimistas" e promete obras em comício em Porto Alegre Ricardo Duarte/Agencia RBS

Em comício que reuniu cerca de cinco mil pessoas em Porto Alegre na noite desta sexta-feira, a presidente Dilma Rousseff (PT) acusou os adversários de estarem “azarando” seu governo e o país. Rodeada de candidatos locais e de militantes, Dilma disse que, durante a campanha, vai se comportar como o ex-presidente Lula: “não falo o nome de adversário nem morta, como o Lula fazia”. No ato, a petista também chamou os adversários de “arrochadores de salários” e de “desempregadores”.

— Aqui, neste comício, não estão aqueles que ficam azarando, que fazem olho gordo para o governo e para o país. Aqui não estão aqueles que se ajoelharam e quebraram o país por três vezes. Aqui os pessimistas não têm vez. Agora, somos aqueles que vão vencer o pessimismo, a desinformação e as inverdades. Quem vai vencer é a verdade, e sabem por quê? Porque nós temos o que mostrar – discursou.

Na entrevista, a presidente ironizou os adversários dizendo que é impossível reduzir a meta de inflação sem afetar diretamente os programas sociais do governo. Segundo ela, “se alguém falar para vocês que vai reduzir a meta da inflação, no dia seguinte tem de cortar programa social”.

— Não tem. A equação simplesmente não fecha — disse.
A exemplo do ex-presidente Lula, que criticou a imprensa por supostamente esconder as realizações do governo, Dilma também disse ter “absoluta certeza” de que as obras da sua gestão não são mostradas aos eleitores pelos meios de comunicação. Ela citou os programas de incentivo à indústria (PSI), de formação de mão-de-obra técnica (Pronatec) e de financiamento de ensino universitário (Fies) como exemplos de realizações que não são mostradas pela imprensa.
— Você sabia que 75% dos beneficiados do Fies têm renda entre um e meio e três salários mínimos? Pois é, isso que você é jornalista — brincou a presidente.(O Globo)

  Escrito por Magno Martins, às 09h40
 
Comentários Comentários (1) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

23
08/14
Ando devagar, mas com um sorriso largo

Na celebração de mais um ano de vida, recordei, hoje, algo que li em algum lugar de um poeta que dizia que quando aniversariava fazia as contas para saber quantos anos não tinha mais, porque ficaram para sempre perdidos no passado. “Os que ainda tenho, não sei, ninguém sabe”, dizia ele.

O que ele quis dizer com isso?  Que ama tanto a vida, que não se importa tanto com a idade, pois ela é só um número. Muito mais importante do que a idade é o que se faz da vida antes que a morte não aconteça.

Aprendi essa sabedoria, mas aprendi também que aniversário é uma comemoração que não pode e nem deve passar em branco. Devemos pedir a Deus toda paz, serenidade e tranquilidade, para viver cada instante com alegria e vigor.

Afinal, a vida só vale a pena ser vivida quando somos lembrados pelo que somos, pelo que representamos na vida das pessoas que nos cercam. Parece ontem que estava, neste mesmo espaço, postando uma crônica de aniversário com frases belíssimas de Rubem Alves, que Deus nos levou recentemente.

O tempo passa numa velocidade alucinante. Doze meses dão para qualquer ser humano se cansar e entregar os pontos. Aí entra o milagre da renovação e tudo começa outra vez, com outro número e outra vontade de acreditar que daqui para diante tudo vai ser diferente, como diz uma velha canção guardada na minha memória.

Rubem Alves dizia que a celebração de mais um ano de vida é a celebração de um desfazer, um tempo que deixou de ser, não mais existe. Fósforo que foi riscado. Nunca mais acenderá. Daí a profunda sabedoria do ritual de soprar as velas em festa de aniversário. Se uma vela acesa é símbolo de vida, uma vez apagada ela se torna símbolo de morte

Sou uma pessoa muito feliz, pois tenho pessoas maravilhosas que me cercam. Uns bem de perto, uns de longe, outros de bem longe. Não importa a distância e sim o carinho. Aprendi a gostar das coisas que me cercam e em pouco tempo descobri que a vida é muito boa e que vale curtir fortemente cada momento, cada emoção.

Levo a vida tentando colocar na prática alguns ensinamentos de Rubem Alves e do meu pai.  Rubem Alves dizia que a vida não é uma sonata, que para realizar a sua beleza, tem de ser tocada até o fim. É um álbum de mini sonatas. Cada momento de beleza vivido e amado, por mais efêmero que seja, é uma experiência completa que está destinada a eternidade.

Até porque um único momento de beleza e amor justifica a vida inteira. Olho para trás e vejo que Sêneca, um dos mais célebres pensadores do Império Romano, foi muito feliz ao afirmar que os anos que vão gradualmente declinando estão entre os mais doces da vida de um homem. Mesmo quando alcançado o limite extremo dos anos, estes ainda reservam prazeres.

Já Martinho Lutero, pai da reforma protestante, dizia que os que se amam profundamente jamais envelhecem. Podem até morrer de velhice, mas morrem jovens. Por isso, quando apago velinhas, e agora são 56, todas iluminadas de vida, me inspiro em Dalai Lama: “Viva uma vida boa e honrada. Assim, quando você ficar mais velho e pensar no passado, poderá obter prazer uma segunda vez”.

Estou certo que uma das grandes bênçãos da vida é a experiência que os anos vividos nos concedem. Aniversariar é uma amostra das oportunidades.

Temos de aprender a contar nossos dias. Aniversariar é um momento especial de renovação da alma e do espírito, porque Deus, na sua infinita sabedoria, deu à natureza, a capacidade de desabrochar a cada nova estação e a nós capacidade de recomeçar a cada ano.

Fazer aniversário é amadurecer um pouco mais e olhar a vida como uma dádiva de Deus. É ser grato, reconhecido, forte e destemido. E ter a compreensão de que as pessoas, para serem belas e amadas, precisam ter um vazio dentro delas.

As pessoas que se acham cheias de verdades e sabedoria falam sem parar, são chatas quando não autoritárias. Bonitas são as pessoas que falam pouco e sabem escutar. A essas pessoas é fácil amar, porque estão cheias de vazio e não de verdades.

E é no vazio da distância que vive a saudade. Não estou mais velho, estou um ano mais jovem que o ano que vem, disse meu pai ao completar 90 anos.

Isso me tocou muito. É um ensinamento transmitido em vida. Alguém já disse que os filhos crescem para chegarem no máximo até a altura dos ensinamentos de seus pais. Quem valoriza a vida e os seus ensinamentos, de certo conhece a razão do viver!

Meu pai diz que a vida nos reserva surpresas boas e ruins. Cabe a nós tirar os ensinamentos de ambas e a responsabilidade de passar para frente os bons ensinamentos da vida.

É com o tempo que aprendemos que os ensinamentos nos fazem forte, para que possamos enxugar as lágrimas, sorrir e continuar caminhando.

Por isso, vale a pena encerrar com Almir Sate:

 “Ando devagar por que já tive pressa

E levo esse sorriso por que já chorei demais

Hoje me sinto mais forte, mais feliz quem sabe,

Só levo a certeza de que muito pouco eu sei

Nada sei.

Conhecer as manhas e as manhãs,

O sabor das massas e das maçãs,

É preciso amor pra poder pulsar,

É preciso paz pra poder sorrir,

É preciso a chuva para florir”.

  Escrito por Magno Martins, às 06h05
 
Comentários Comentários (8) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

23
08/14
Coluna do sabadão

     A maçã sem veneno

Em “A Maçã Envenenada”, o escritor Michel Laub trabalha os temas de morte e sobrevivência quando era fã de Nirvana e foi impactado pelo suicídio do líder da banda, Kurt Cobain. Nesta parte da narrativa o narrador descreve sua relação com sua primeira namorada, Valéria, a banda cover que eles tiveram do Nirvana, o show da idolatrada banda em São Paulo e o impasse que o narrador viveu sobre abandonar ou não o serviço militar que prestava para ir ao show.

Ao tomar conhecimento da primeira crise no PSB com a candidatura de Marina Silva, o advogado Antônio Campos, irmão do ex-governador Eduardo Campos, morto num acidente aéreo, sentenciou: “Os nossos adversários eleitorais querem inocular e estimular uma doença no PSB: o jogo da maçã envenenada. O PSB deve, neste momento, fortalecer a liderança de Beto Albuquerque e o apoio a Marina Silva”.

Parodiando Michel Laub, quando alguém come uma maçã com veneno vai se matando por dentro. O PSB, segundo Campos, não pode viver agora um processo autofágico, se destruindo internamente, a ponto de transformar Marina num veneno mortal.

“A tendência no PSB é acalmar a sua tropa, porque vamos enfrentar uma guerra sem as mesmas armas dos poderosos, desigual, com pouco tempo de televisão”, acrescenta o advogado.

O que ocorreu no PSB com a saída do secretário-geral do PSB, Carlos Siqueira, do comando da campanha de Marina já está superado e igualmente digerido, na opinião de Campos, sendo, assim, um fato isolado sem grandes consequências. “Agora, é tocar a bola e fazer de Marina presidente do Brasil”, afirmou.

SALVAÇÃO– A cúpula do PSB fechou com Marina para salvar os candidatos aos governos estaduais e ao Congresso. Reunidos em São Paulo, concluíram que sem Marina viria o fracasso nas urnas. A situação eleitoral já deixava a desejar. Os socialistas não lideram nos quatro estados que governam e apenas três de seus nomes para o Senado são viáveis. Sem Eduardo, Marina virou a salvação da lavoura.

Emoção para o guia Na primeira caminhada de rua no País, hoje em Casa Amarela, e no ato previsto para o clube Internacional, Marina Silva e Beto Albuquerque, seu vice, farão várias manifestações de carinho em homenagem ao ex-governador Eduardo Campos. Tudo para gravação de cenas para o guia eleitoral com forte carga de emoção.

Dá para bancar? – O tema mais delicado nas tratativas do PSB para assumir Marina foi o das finanças, relata Ilimar Franco, de Brasília. Segundo ele, a campanha do partido tem orçamento elevado para seu porte. Toda ela foi montada tendo Eduardo Campos como fiador. O partido não sabe se serão mantidos os acertos dos doadores com o ex-governador pernambucano.

Base menor– Um dos coordenadores do programa de governo do PSB, convocado pessoalmente pelo ex-governador Eduardo Campos, o ex-deputado Maurício Rands responde às críticas à falta de apoio político a Marina: “Vamos ter uma base menor, e a maioria virá em função do tema”. Rands diz que não terá dificuldades de relação com o novo comando de Marina.

Briga boa O prefeito do Recife, Geraldo Júlio, está no páreo para suceder Eduardo Campos na presidência nacional do PSB no lugar do ex-ministro Roberto Amaral, mas a briga só acontece depois das eleições. Tudo vai depender do resultado da eleição e o certo é que Amaral, birrento como é, não deixará tão fácil o comando socialista cair no colo do prefeito.

 

CURTAS

PROTESTO– A população do distrito de São Domingos, o maior de Brejo da Madre de Deus, no Agreste Setentrional, foi às ruas, ontem, protestar contra o afastamento do prefeito Roberto Asfora (PSDB) em voto monocrático do ministro José Otávio Noronha. O prefeito já recorreu com um agravo regimental.

PESQUISAS– Na semana que vem duas pesquisas sobre intenção de voto para governador em Pernambuco serão divulgadas, uma do Ibope na quarta-feira e outra pelo Instituto Maurício Nassau, no domingo, no Jornal do Commercio. Devem medir o impacto da morte de Eduardo na sucessão estadual.

Perguntar não ofende: Teremos em Pernambuco um embate de Lula com Marina também na eleição estadual?

 

'Por mim reinam os reis e os príncipes decretam justiça'. (Provérbios 8-15)

  Escrito por Magno Martins, às 06h00
 
Comentários Comentários (8) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

23
08/14
Campanha: Marina dá a largada do PSB hoje no Recife

 

 

 

 

 

 

 

Com informações do Diario de Pernambuco - Sávio Gabriel

O lançamento da nova chapa do PSB na disputa pela Presidência da República, formada por Marina Silva e o deputado federal Beto Albuquerque (RS), hoje no Recife, é aguardado com otimismo pelos integrantes da legenda em Pernambuco.

De acordo com Sileno Guedes, presidente estadual do PSB, a militância está animada para o lançamento oficial da campanha, e deve marcar presença nas duas atividades programadas para este sábado.

A primeira, uma caminhada, a partir das 9h, no bairro de Casa Amarela, e às 17h um grande ato no Clube Internacional do Recife. A ex-primeira-dama Renata Campos, viúva de Eduardo Campos, deve participar da segunda atividade.

Entre os nomes que devem participar dos eventos, a chapa majoritária da Frente Popular, formada por Paulo Câmara, pelos candidatos a vice, Raul Henry (PMDB) e a senador, Fernando Bezerra Coelho já estão confirmados. O prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB) e o senador Jarbas Vasconcelos (PMDB) também poderão ser vistos nos dois atos.

O PSB estadual avalia que o evento vai demonstrar a importância da eleição de Paulo Câmara, candidato socialista ao governo de Pernambuco.

Isso apesar da debandada que aconteceu na cúpula nacional do partido nos últimos dias, com a saída do primeiro-secretário nacional do PSB e ex-coordenador de campanha, Carlos Siqueira, e do ex-vice-prefeito do Recife, Milton Coelho, que era coordenador de mobilização e articulação.

  Escrito por Magno Martins, às 05h56
 
Comentários Comentários (3) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

23
08/14
Marina promete fim da reeleição, mas silencia sobre PSB

A candidata do PSB à Presidência, Marina Silva, prometeu nesta sexta-feira acabar com a reeleição e ficar apenas quatro anos no cargo caso seja eleita. A ex-senadora, no entanto, desconversou sobre a hipótese de permanecer no PSB durante um eventual mandato no Palácio do Palácio.

Aliados de Marina devem retomar no próximo ano a coleta de assinaturas para criar o Rede Sustentabilidade. "Assumo o compromisso de acabar com a reeleição. Terei um mandato de apenas quatro", disse a ex-senadora em entrevista coletiva. A candidata disse, por outro lado, que este não é momento para discutir sobre sua saída do PSB. Alegou que a Presidência não pode ser objeto de poder de um partido.

"Não devemos tratar o presidente da República como propriedade de um partido. A sociedade está dizendo que quer se apropriar da política e as lideranças políticas têm que entender que o Estado não é um partido e que o governo não é o Estado", declarou. (Do Valor Econômico - Fernando Taquari,)

Leia aí:  Marina promete acabar com a reeleição, mas desconversa sobre o PSB

  Escrito por Magno Martins, às 05h52
 
Comentários Comentários (2) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

23
08/14
Apoio a Marina segue inabalado, diz irmão de Eduardo
 As divergências entre Carlos Siqueira, braço direito e um dos melhores amigos de Eduardo Campos, e Marina Silva não contaminaram o apoio da família do ex-presidenciável à candidata. Pelo contrário. "O PSB não deve fazer o jogo dos adversários, que querem inocular no partido a maçã envenenada", diz Antônio Campos, o Tonca, único irmão de Eduardo.

Antônio Campos, que é filiado ao PSB, afirma que Siqueira é "um grande companheiro nosso, de casa". Mas que passa por "momentos de extrema tensão", o que explicaria os desentendimentos com Marina Silva. Siqueira deixou a coordenação-geral da campanha dizendo que ela não representa o "legado" do ex-presidenciável.

E o presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), Ricardo Lewandowski, visita neste sábado (23) Ana Arraes, mãe de Eduardo Campos, em Pernambuco. Transmitirá as condolências da corte a ela.

Aos 66 anos, Ana Arraes, que é ministra do TCU (Tribunal de Contas da União), tirou licença médica. No dia em que soube da notícia, a pressão dela chegou a 20.   (Folha de S.Paulo - Mônica Bergamo)

  Escrito por Magno Martins, às 05h50
 
Comentários Comentários (2) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

23
08/14
E lá vai a presidenta

 Há cinco semanas Dilma Rousseff prometeu aos presidentes de partidos políticos da base aliada que haveria um encontro todas as terças-feiras, às 18 horas, no Palácio da Alvorada (“a convocação já está feita”). Enfatizosu que só haveria contato em caso de impedimento. Não houve um segundo encontro. A cada sete dias, o que os dirigentes partidários recebem são e-mails de cancelamentos. Num dia ela vai para a Venezuela, em outro tem compromisso no Paraná, no seguinte a agenda não permite...

E lá vai a presidenta.
 
Tanto quanto possível, no comitê de campanha da reeleição de Dilma Rousseff um tema que se quer evitar é o do legado da Copa do Mundo. Sabe-se que os gastos de R$ 25,6 bilhões com estádios e obras ligadas ao Mundial da Fifa rendem polêmica. Mas o assunto voltará ao público em outubro. O TCU irá neste mês apresentar o balanço geral que fez do evento.  (Ricardo Boechat - ISTOÉ)

  Escrito por Magno Martins, às 05h40
 
Comentários Comentários (1) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

23
08/14
Pesquisa: vem aí o novo datafolha presidencial

 Depois do Ibope anunciar que vai a campo neste final de semana para medir os reflexos dos últimos acontecimentos importantes no cenário eleitoral (leia mais aqui), o Datafolha registrou sua nova pesquisa presidencial, informa Lauro Jardim na Veja Online.

O instituto de pesquisa, que no levantamento divulgado nesta semana mostrou o efeito da entrada de Marina Silva na corrida pelo Planalto, vai a campo nos dias 28 e 29 de agosto para entrevistar 2 884 eleitores.

Desta vez o eleitor será questionado também sobre qual candidato tem se saído melhor no horário eleitoral. A pesquisa custou 266 200 reais ao Datafolha e a data de divulgação ainda não foi definida.

  Escrito por Magno Martins, às 05h30
 
Comentários Comentários (0) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

23
08/14
Marina mineira

BOE-02-IE-2335.jpg

Ricardo Boechat - ISTOÉ

O humor do brasileiro não tem limites. Prova disso é que tem gente chamando de “Marina” a serpente que aparece na foto. A nova espécie “atractus spinalis” não oferece risco à saúde humana, segundo pesquisadores do Museu Nacional da UFRJ, da USP e do ICMBio, autores do achado que tiveram apoio da Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza. Com uns 30 cm, ela acaba de ser descoberta na Serra do Cipó (MG).

  Escrito por Magno Martins, às 05h20
 
Comentários Comentários (0) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

23
08/14
Deixa ele!

 Marina Silva e sua turma não pretendem mais fazer movimentos para amansar Carlos Siqueira, que deixou o núcleo duro da campanha atirando, é o que informa Lauro Jardim, na sua coluna da Veja Online.

Depois do estouro da crise, Walter Feldman ainda o procurou, colocando-se à disposição para atuar na coordenação sob sua batuta. Siqueira não quis nem ouvir falar.

A avaliação dos marineiros é que Siqueira, extremante próximo de Eduardo Campos, está muito abalado emocionalmente. Por isso, o mais prudente é não procurá-lo e deixar as portas abetas, caso ele queira voltar atrás. A propósito, Marina tem falado constantemente com Renata, viúva de Eduardo Campos.

  Escrito por Magno Martins, às 04h40
 
Comentários Comentários (4) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

23
08/14
Tá ru$$o!

 Poucas doações até agora para as eleições resultam em dores de cabeça para políticos experientes – e novatos. Em Brasília na terça-feira 19, para missa em homenagem a Eduardo Campos, a ex-ministra do STJ Eliana Calmon falou do problema.

O volume de ofertas está bem abaixo dos R$ 8 milhões estimados para tentar se eleger ao Senado, pelo PSB, na Bahia. Os compromissos assumidos beiram R$ 700 mil. O desequilíbrio resultou em corte de pessoal no comitê. (Ricardo Boechat  ISTOÉ)

  Escrito por Magno Martins, às 04h00
 
Comentários Comentários (0) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

23
08/14
Aécio cauteloso com entrada de Marina na disputa

Em conversas com aliados, o candidato do PSDB, Aécio Neves, tem sido cauteloso com a mudança no rumo da campanha presidencial depois da entrada de Marina Silva na disputa. Aécio tem dito que só depois da primeira semana de setembro a campanha seguirá o seu leito natural.

"Até agora, Marina não precisou responder nada. A campanha está fora do leito normal", ressaltou Aécio a interlocutores.

No PSDB, a avaliação é que tanto Dilma como Marina já têm nível de conhecimento máximo, enquanto Aécio ainda tem um percentual significativo de desconhecimento. A ordem no ninho tucano é de manter a linha de que Aécio é o adversário do governo Dilma.             (Do blog deGerson Camarotti)

  Escrito por Magno Martins, às 03h20
 
Comentários Comentários (1) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

23
08/14
TSE: Marina se diz brasileira, casada, 'cor/raça preta'
Requerimento de candidatura de Marina Silva à Presidência da República 
Requerimento de candidatura de Marina Silva à Presidência da República

No documento que apresentou nesta sexta oficializando o pedido de registro da candidatura à Presidência, Marina Silva -- ou Marina Osmarina Marina da Silva Vaz de Lima -- declara que é brasileira, casada, do sexo feminino e de "cor/raça preta".

O requerimento foi apresentado hoje ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral), um dia antes do prazo final para o registro da candidatura.

Nele Marina afirma que autoriza o PSB a pedir o registro e declara ser "responsável pela exatidão das informações prestadas", como seu endereço e as eleições anteriores que disputou.

Em 2010, quando também se candidatou à Presidência, Marina afirmou que gostaria de ser "a primeira mulher negra de origem pobre a governar no país". (Folha de S.Paulo)

  Escrito por Magno Martins, às 02h40
 
Comentários Comentários (3) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  


Copyright Magno Martins. 2011. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.