Busca


Coluna do Blog
Que mudanças?


Destaques
Em sabatina, Dilma diz que resgatou política industrial
João Paulo diz que sua prioridade é estar nas ruas
Armando reforça que novo governador deve ser político
Rui Falcão: 'Dilma será sua própria porta-voz'
Petrobrás é vítima de estratégia do governo, diz Aécio
Fernando lamenta que João Paulo seja um “fujão”
Na CBN, Fernando propõe carreira federal do professor
Assembleia e Câmara do Recife retomam atividades
Campos critica oponentes ligados à "velha política"
Lóssio retorna à Petrolina


Opinião


Números e emoções para o segundo turno - Maurício Costa Romão
























TwitterTwitterRádio do MagnoRSS

30
07/14
Em sabatina, Dilma diz que resgatou política industrial



A presidente Dilma Rousseff (PT) afirmou, hoje, que seu governo resgatou as políticas industriais e que o País "pode e deve" adotar tais medidas. Em seu discurso de apresentação durante sabatina com empresários, promovida pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), em Brasília, a presidente destacou que os resultados da indústria naval comprovam resultados conquistados por essa política. "Desde 2003, o contingente de trabalhadores cresceu mais de 10 vezes. Hoje são quinze estaleiros", disse Dilma. "A indústria naval vai contratar R$ 100 bilhões até 2020", disse.

A indústria naval brasileira, segundo Dilma, nasceu com a política de conteúdo local para petróleo e gás e mostrou a potencialidade da política de compras governamentais. A presidente disse ainda que houve quem dissesse que o Brasil não precisava de uma política industrial. "Muitos acham que política industrial deve ser deixada ao sabor da flutuação do mercado". Ela disse que seu governo pretende continuar com o embate "técnico e político" sobre a legitimidade da política industrial.

  Escrito por Magno Martins, às 17h58
 
Comentários Comentários (1) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

30
07/14
João Paulo diz que sua prioridade é estar nas ruas

Em resposta ao post “Fernando lamenta que João Paulo seja um “fujão”, o candidato ao Senado pelo PT, João Paulo, reafirma que nunca se eximiu de outros tipos de enfrentamento, muito menos do debate político das idéias, que considera muito salutar.

“Irei aos debates sempre que possível, de acordo com a agenda da campanha, pois minha prioridade é estar nas ruas junto com o povo”, disse o petista.

  Escrito por Magno Martins, às 17h49
 
Comentários Comentários (1) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

30
07/14
Armando reforça que novo governador deve ser político


Em reunião do Fórum Empresarial da Propaganda de Pernambuco, organizada por donos de agências de publicidade, o candidato do PTB ao governo do estado, Armando Monteiro, tentou se diferenciar do candidato do PSB, Paulo Câmara, ressaltando que o novo governador de Pernambuco deve ser alguém com lastro político, e não um gestor. Para ele, as conquistas do governo do presidenciável socialista Eduardo Campos foram conseguidas pelo fato de o ex-governador ser, assim como ele, “forjado na política”.

“Grande parte do que aconteceu em Pernambuco nos últimos anos foi fruto da capacidade de liderança do ex-governador, que foi forjado na política. Graças a ela, e aprendendo com os próprios erros, pela sua trajetória, criou e pode se colocar como um ator político importante”, destacou.

  Escrito por Magno Martins, às 17h25
 
Comentários Comentários (5) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

30
07/14
Rui Falcão: 'Dilma será sua própria porta-voz'


A inflação relativamente alta é um problema, mas não será um empecilho para a reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT), que assumirá pessoalmente o papel de porta-voz da campanha na área econômica, disse o presidente nacional do PT, Rui Falcão.

Deputado estadual paulista e coordenador-geral da campanha, Falcão justificou a escolha de Dilma pelo fato de ela ser a pessoa mais qualificada para tratar da economia, além de evitar possíveis especulações sobre a composição do ministério em um eventual segundo mandato, já que há expectativa em torno da saída do ministro da Fazenda, Guido Mantega, que ocupa o cargo desde março de 2006.

"A pessoa que está mais preparada para discutir economia e para falar de economia é a própria presidenta", disse Falcão em entrevista à Reuters na sede do comitê de campanha, em Brasília.

  Escrito por Magno Martins, às 16h46
 
Comentários Comentários (6) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

30
07/14
Petrobrás é vítima de estratégia do governo, diz Aécio

O candidato do PSDB à Presidência, Aécio Neves, usou seus minutos finais na apresentação que fez na Confederação Nacional da Indústria (CNI) para tecer críticas à gestão da Petrobras. Segundo o tucano, a estatal é "vítima da armadilha criada pelo atual governo". "Estamos na contramão do mundo. Ao subsidiar combustível fóssil, a Petrobras é a única empresa que quanto mais vende combustível mais prejuízo tem. Está amarrada por uma demanda de investimentos que não terá condições de fazer", disse.

O tucano destacou ainda a importância do agronegócio e disse que é preciso romper preconceitos que ainda cercam o setor. Para encerrar sua apresentação a empresários industriais, o candidato fez um apelo pela mudança de governo. "Ou o Brasil encerra esse ciclo e constrói uma grande e nova aliança com a sociedade para romper estruturas carcomidas, ou daqui a quatro anos os desafios serão ainda maiores", disse. "O Brasil não merece o governo que está aí e o novo de verdade somos nós", finalizou o tucano
  Escrito por Magno Martins, às 16h20
 
Comentários Comentários (0) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

30
07/14
Fernando lamenta que João Paulo seja um “fujão”


O candidato a senador pela Frente Popular, Fernando Bezerra Coelho (PSB), lamentou, há pouco, em entrevista na CBN, o fato do seu adversário, o ex-prefeito do Recife, João Paulo, não atender aos debates ao longo da campanha. “Não precisamos de debates todos os dias, mas ele deveria pelo menos atender as convocações dos veículos de comunicação”, afirmou.

Para o socialista, a campanha ainda está fria e distante da população, mas começa a ganhar as ruas. “Haverá uma intensificação maior a partir de agora. O que nós percebemos, entretanto, é que o eleitor está com um pé atrás para saber em quem votar”, afirmou, adiantando que quando a propaganda eleitoral no rádio e na TV começar isso irá mudar.

  Escrito por Magno Martins, às 15h53
 
Comentários Comentários (0) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

30
07/14
Na CBN, Fernando propõe carreira federal do professor


Em entrevista que concede neste momento à CBN, no programa de Aldo Vilela, o candidato a senador pela Frente Popular, Fernando Bezerra Coelho (PSB), faz um balanço da gestão de Eduardo e diz que a população pernambucana dá sinais de que deseja a continuidade. Na sua primeira intervenção, ele propõe criar a carreira federal do professor.

“Temos que federalizar a carreira nacional do professor”, diz Fernando, reportando-se a um projeto nesse sentido que já tramita no Senado de autoria do senador Cristovam Buarque (PDT-DF). A entrevista tem também a participação deste blogueiro.

  Escrito por Magno Martins, às 15h21
 
Comentários Comentários (1) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

30
07/14
Assembleia e Câmara do Recife retomam atividades

De forma incomum, a próxima sexta-feira (1º) será um dia de trabalho para os parlamentares da Assembleia Legislativa de Pernambuco e da Câmara Municipal do Recife, que retornam do recesso iniciado na primeira semana de julho. Mesmo caindo no último dia da semana, em que normalmente não há atividades no plenário do Legislativo estadual, o reinício dos trabalhos se dará numa sessão plenária excepcional.

Além de haver uma ordem do dia nesta sexta-feira, a Assembleia também volta com uma novidade na sua rotina para os próximos meses. As sessões plenárias, que ocorriam no período da tarde, agora passam para o turno da manhã, uma mudança motivada pelo início das campanhas eleitorais e que já ocorria nas quintas-feiras.

O retorno das atividades na Câmara do Recife será diferente da realidade da Assembleia, porém igual à de sempre. Sem muitas mudanças na rotina, os vereadores voltam a pisar na Casa no último dia útil desta semana apenas com uma reunião solene e as atividades do plenário ficam para a semana seguinte.

  Escrito por Magno Martins, às 15h02
 
Comentários Comentários (0) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

30
07/14
Campos critica oponentes ligados à "velha política"

Em sabatina realizada, hoje, pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), o candidato do PSB à Presidência, Eduardo Campos, criticou a política exercida pelos oponentes Aécio Neves (PSDB) e Dilma Rousseff (PT), classificados por ele como candidatos à Presidência ligados à "velha política". "A vida, como dizia um grande escritor, são as nossas circunstâncias. As circunstâncias que cercam a presidente Dilma e o Aécio são as circunstâncias de preservar a velha política brasileira", disse.

O candidato criticou a aliança do governo do PT com o PMDB, representado pelo ex-presidente José Sarney e o presidente do Senado, Renan Calheiros. "Começar a fazer uma transição para um outro patamar (da política) é possível, é necessário. O Brasil não precisa de mais quatro anos de Sarney, de Renan", considerou. "Nós precisamos renovar e eu vou renovar a política no Brasil. Renovei a política no Pernambuco", disse.

  Escrito por Magno Martins, às 14h41
 
Comentários Comentários (2) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

30
07/14
Lóssio retorna à Petrolina


O Prefeito de Petrolina, Júlio Lóssio (PMDB), após sofrer um AVC e fazer uma cirurgia em São Paulo, retorna à Petrolina hoje às 17 horas.  A equipe médica que avaliou a sua saúde nestas últimas 48 horas, liberou o retorno à cidade. Lóssio deve ser recebido no aeroporto pelos amigos e aliados políticos

  Escrito por Magno Martins, às 14h09
 
Comentários Comentários (2) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

30
07/14
Aécio diz que simplificará sistema de impostos

O candidato do PSDB à Presidência da República, Aécio Neves, hoje, no evento "Diálogo da Indústria com Candidatos à Presidência da República", promovido pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), que, se eleito, vai propor logo na "largada" do governo um projeto de simplificação do sistema tributário.

À plateia de empresários, Aécio afirmou que a simplificação é necessária para garantir maior competitividade da indústria brasileira, com a redução dos encargos tributários. Segundo Aécio, é preciso avançar em políticas que incentivem o investimento privado em obras, principalmente de infraestrutura.

"Assumo de público aqui que, nos primeiros dias de governo, farei a simplificação do sistema tributário. Temos que caminhar na construção de um IVA (imposto sobre valor agregado) em substituição a esse conjunto de impostos que inferniza o setor produtivo do Brasil hoje", afirmou. Segundo ele, a simplificação do sistema tributário "na largada do governo vai permitir uma redução horizontal na carga tributária", disse Aécio.

  Escrito por Magno Martins, às 13h53
 
Comentários Comentários (10) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

30
07/14
Dilma não inspira credibilidade na economia, diz Aécio


O candidato do PSDB à Presidência, Aécio Neves, acusou, ontem, a presidente Dilma Rousseff (PT) de tentar politizar a crise econômica do país. Aécio disse que Dilma, ao afirmar que a crise é fruto de "especulações" da disputa eleitoral, comprova que o governo "perdeu a capacidade de inspirar credibilidade" no campo econômico.

"Não adianta transformar análise técnica em política, como ela tentou fazer. O governo fracassou. Essa avaliação negativa [da economia] está nos bancos, agências de risco, Fundo Monetário Internacional. Eu não sou o porta-voz dessas avaliações, elas são reais", disse Aécio.

  Escrito por Magno Martins, às 13h27
 
Comentários Comentários (17) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

30
07/14
Grupo protesta contra as críticas do Planalto a Israel

Em um ato de apoio aos ataques de Israel na Faixa de Gaza, cerca de 80 manifestantes protestaram, hoje, em frente ao Palácio do Itamaraty, contra as declarações do governo brasileiro que classificou de "desproporcional" o conflito no Oriente Médio que já provocou a morte de, pelo menos, 1.166 pessoas (1.113 palestinos e 53 soldados israelenses). A manifestação reuniu judeus que moram no Brasil e cristãos que discordam da posição adotada pela diplomacia brasileira.

Na semana passada, o governo federal divulgou nota oficial na qual classificou de "inaceitável" a escalada da violência na Faixa de Gaza. Em um gesto de inconformidade com os ataques israelenses, o Itamaraty chamou de volta o embaixador brasileiro em Israel "para consulta". A decisão gerou um mal-estar diplomático com o país do Oriente Médio.

  Escrito por Magno Martins, às 12h54
 
Comentários Comentários (5) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

30
07/14
Mundo vive reflexão após crise capitalista, diz Campos


O candidato do PSB à Presidência, Eduardo Campos, afirmou, hoje, que a economia mundial vive um momento de reflexão após a crise financeira de 2008. Ele criticou a gestão econômica da presidente Dilma Rousseff, afirmando que a "indústria está estagnada". "A produtividade do setor público é baixíssima e não vai chegar (a isso) se distribuindo ministérios se loteando agências reguladoras", disse.

Campos foi o primeiro a ser ouvido na rodada de sabatinas providas pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) nesta quarta-feira. Os empresários falarão ainda com o candidato Aécio Neves (PSDB) e com a presidente Dilma Rousseff, candidata à reeleição pelo PT, no evento Chamado de Diálogo da Indústria com Candidatos à Presidência.

  Escrito por Magno Martins, às 12h54
 
Comentários Comentários (0) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

30
07/14
Comerciantes da Mata Sul entregam demandas a Armando


Um grupo de comerciantes liderados pela Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Palmares entregou, ontem, uma pauta com reivindicações para Armando Monteiro (PTB), candidato a governador de Pernambuco, para elevar e dinamizar a economia do município e da Mata Sul. Entre as demandas estão a desapropriação de terrenos para a construção de um polo industrial em Palmares. Segundo Armando, as demandas serão analisadas e devem ser incorporadas ao plano de governo, que está em fase de conclusão.

Além das desapropriações para a construção de um polo industrial, a pauta sugere a formulação de programas de estímulo à agricultura familiar; a implantação de um centro de distribuição de alimentos para auxiliar o pequeno produtor; o fomento de projetos turísticos para incluir o distrito de Serro Azul, em Palmares, no roteiro de turismo rural; entre outras demandas.

"Precisamos encontrar alternativas econômicas para Palmares e para a Mata Sul. E a sociedade deve contribuir com o Estado. Para tanto, deveremos incorporar algumas dessas demandas apresentadas ao nosso programa de governo, para que possamos adotar medidas que tornem a economia da região mais dinâmica", afirmou o candidato.

  Escrito por Magno Martins, às 12h23
 
Comentários Comentários (0) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

30
07/14
Postulantes ao Planalto participam de sabatina na CNI

Os três principais candidatos ao Palácio do Planalto participam, hoje, de evento promovido pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) intitulado Diálogos da Indústria com os Candidatos à Presidência da República. O mesmo aconteceu em Brasília, na sede da CNI.

O primeiro a ser entrevistado é socialista Eduardo Campos (PSB-PE), seguido do tucano Aécio Neves (PSDB-MG) e da presidente Dilma Rousseff (PT-RS), que concorre à reeleição.

Acompanhe a sabatina ao vivo no link: http://ultimosegundo.ig.com.br/politica/2014-07-30/veja-ao-vivo-da-sabatina-dos-candidatos-a-presidencia-na-cni.html

  Escrito por Magno Martins, às 12h08
 
Comentários Comentários (0) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

30
07/14
Comissão da Verdade de PE recupera documentação inédita

A Comissão Estadual da Memória e Verdade Dom Helder Câmara cumpre agenda na capital federal, no período entre 04 a 06 de agosto. Na Câmara dos Deputados, a CEMVDHC recebe, por iniciativa dos deputados federais Pedro Eugênio (PT) e Luíza Erundina (PSB), cópia digitalizada do processo do Instituto Brasileiro de Ação Democrática. Os registros foram sumariamente engavetados após o Golpe e denunciam o financiamento na compra de apoio de candidatos opositores à esquerda em todos os estados brasileiros.

Com a parceria, o Colegiado pernambucano será pioneiro no acesso aos arquivos, após um hiato de 50 anos do “mais absoluto sigilo de uma documentação que constituía segredo de Estado” – afirma o coordenador Fernando Coelho, corroborando a tese de que “a deposição de João Goulart não foi algo decidido de última hora e que o Golpe de 64 foi minuciosamente gestado pelos militares”.

Miguel Arraes de Alencar, governador de Pernambuco na época, teve papel fundamental na construção da Comissão Parlamentar de Inquérito. “Arraes forneceu riquíssima documentação denunciando toda a trama e eu tive a oportunidade de acompanhar e verificar o processo, composto por mais de dez volumes, que incluía recibos de pagamentos de propina”, finalizou Coelho.

  Escrito por Magno Martins, às 11h45
 
Comentários Comentários (0) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

30
07/14
Oposição em Paulista perde processo contra prefeito

O pleno do Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE) rejeitou, ontem, por unanimidade, o pedido de cassação do prefeito de Paulista, Junior Matuto (PSB), e seu vice Jorge Carreiro (PCdoB), respectivamente, acusados pelo então candidato do PT, Sérgio Leite (PT), de abuso de poder econômico.

Entre as acusações que constavam no processo troca de vantagens por votos e utilização de equipamentos públicos na campanha durante um evento no Veneza Water Park. Matuto já havia vencido na primeira instância, através de decisão expedida pela juíza da 146ª Zona Eleitoral, Ana Regina Lemos Robalinho.

  Escrito por Magno Martins, às 11h34
 
Comentários Comentários (0) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

30
07/14
Gaza: Israel anuncia trégua de quatro horas

Da Agência Brasil

Israel vai fazer, hoje, uma trégua humanitária de quatro horas na operação militar na Faixa de Gaza, contra o movimento de resistência islâmica Hamas, anunciou o Exército israelita. A trégua começou às 15h (horário local), 9h em Brasília.

'O exército autorizou uma trégua temporária na Faixa de Gaza que não será aplicada nas zonas onde os soldados estão atualmente em operações', indicou o comunicado.

O número de vítimas da operação israelita Margem Protetora é 1.296 palestinianos mortos e 7,2 mil feridos. De acordo com a Organização das Nações Unidas (ONU), os civis representam três quartos dos mortos palestinos desde o início desta operação, em 8 de julho.

Do lado israelense, morreram 53 soldados, o maior número desde da guerra contra o movimento xiita libanês Hezbollah, em 2006. Três civis (dois israelenses e um tailandês) foram mortos por foguetes disparados a partir da Faixa de Gaza.

  Escrito por Magno Martins, às 11h17
 
Comentários Comentários (0) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

30
07/14
Campos ouve demandas estaduais para inserir no programa


Em suas andanças pelo o país, o candidato do PSB à Presidência da República, Eduardo Campos, está ouvindo as demandas dos estados para inseri-las no programa de governo, que será lançado no início de agosto. Ontem, no Espírito Santo, o socialista afirmou que, ao longo da campanha, vai apresentar os compromissos com cada estado. “O nosso diálogo hoje aqui (no Espírito Santo) tem a preocupação de ouvir as principais reivindicações da população”, destacou.

O presidenciável aproveitou, quando questionado sobre ajuda que poderia oferecer ao estado, caso eleito presidente, para criticar a presidente Dilma Rousseff (PT) e o candidato do PSDB, Aécio Neves, seus principais adversários na disputa presidencial. “O capixaba já cansou de votar de um lado (PSDB) para outro (PT) e não ver acontece nada. Agora, o povo vai encontrar o caminho da verdadeira mudança”, destacou referindo-se às candidaturas dele e de Marina Silva a vice.

  Escrito por Magno Martins, às 10h45
 
Comentários Comentários (0) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  


Copyright Magno Martins. 2011. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.