Busca


Coluna do Blog
Deputados e prefeitos em 2016


Destaques
Coluna do sabadão
GM susta 850 contratos de trabalho em fábrica do ABC
BA: Geddel diz que ninguém lhe tira presidência do PMDB
Suape: PF nega engavetamento de inquérito da refinaria
Dono do Ibope diz que Dilma saiu maior que o PT
STF manda incluir aumento a juízes no orçamento
Ouça o Frente a Frente desta sexta-feira (31/10)
No Facebook, Aécio agradece os 4 milhões de seguidores
Alves: “É hora de governo e Câmara manterem serenidade”
OAB entra com ações por crimes nas redes sociais


Opinião


Zeus nos livre das sete pragas dos gafanhotos vermelhos - José Adalberto Ribeiro
























TwitterTwitterRádio do MagnoRSS

01
11/14
Coluna do sabadão

     Pernambuco sem Ministério

Li, ontem, atentamente, uma ampla reportagem no jornal O Globo apontando os prováveis ministros que serão escolhidos pela presidente Dilma para o seu segundo mandato, a partir de janeiro. E não há um só nome de Pernambuco. Do Nordeste, são especulados dois.

O governador da Bahia, Jacques Vagner (PT), segundo o jornal, está tão em alta com Dilma que pode escolher, desde já, a pasta que quiser ocupar. Sendo assim, tanto pode ser o futuro poderoso chefe da Casa Civil quanto passar a despachar na pasta de Desenvolvimento ou até mesmo Integração Nacional.

Já o governador cearense Cid Gomes (PSB) também teria lugar certo na equipe ministerial, com perfil mais para a Integração. Mas o jornal aponta seu nome também para o Ministério da Educação. A cota nordestina ficaria por aí, porque não há mais nenhum nome da região cotado.

No caso de Pernambuco, o que se justifica pela ausência de nomes seria pelo fato das principais lideranças do PT no Estado terem sido derrotadas na eleição proporcional e também majoritária. Pela primeira vez, Pernambuco fica sem um único representante na Câmara dos Deputados.

O PT perdeu também na disputa majoritária a vaga para o Senado. Ex-prefeito do Recife e atual deputado federal, João Paulo foi derrotado pelo ex-ministro Fernando Bezerra Coelho. Dos líderes petistas, portanto, apenas Humberto Costa, que não entrou na disputa este ano, está no exercício do mandato, mas sem chances de vir a ser ministro.

RIFADO Apesar de frequentar a bolsa de apostas para o Ministério da Fazenda, o ex-presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, não está na lista de possíveis convocações da presidente Dilma. Um ministro petista explica que ela não gosta de Meirelles, com quem teve duros embates quando ambos eram colegas no governo Lula

O preço da reeleição Os prefeitos reclamam que a presidente Dilma está atrasando os repasses de programas na área de saúde, como o que mantém os agentes comunitários de saúde. Segundo o presidente da Amupe, José Patriota, a União não repassa os recursos para pagar o salário desses agentes há dois meses.

Vai ser no grito– A Amupe, segundo Patriota, está enviando a presidente Dilma, na próxima semana, um documento relatando as dificuldades que os municípios estão enfrentando por conta do atraso de cotas federais. Se o Governo não colocar em dia repasses constitucionais para os municípios, os prefeitos farão protestos em Brasília.

Encontro tucano– O presidente do PSDB, Aécio Neves, convocou a Executiva do partido, além de senadores e deputados eleitos, para uma reunião no próximo dia 5, em Brasília. Um dos temas a ser debatido é a eleição para as presidências da Câmara e do Senado. De Pernambuco estarão presentes Daniel Coelho, Bruno Araújo e Betinho Gomes.

Vez dos suplentes Há quem acredite na aliança oficial que o governador Paulo Câmara só convoque para o secretariado dois deputados federais e dois estaduais. Se isso se concretizar em Brasília assumem os suplentes Augusto Coutinho (foto) e Fernando Monteiro. Na Assembleia, os suplentes Antônio Moraes e Maviael Cavalcanti.

CURTAS

ALIADO– Do presidente estadual do PSDB, Bruno Araújo, sobre as declarações do deputado eleito Tadeu Alencar, que acenou para uma postura independente no Congresso: "Esperamos que o PSB seja um aliado dos parlamentares que entenderam o recado das urnas".

VISÃO CEARENSE– Do governador do Ceará, Cid Gomes, ao avaliar a aliança do PSB com o PSDB em torno de Aécio: “Se o PSB está junto com o PSDB terá que optar por esse caminho também. Nós preferimos ficar no campo da esquerda com o PT".

Perguntar não ofende: Que medidas Dilma vai anunciar para conter a inflação?

"Bem-aventurado o homem que acha sabedoria, e o homem que adquire conhecimento". (Provérbios 3-13)

  Escrito por Magno Martins, às 00h00
 
Comentários Comentários (0) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

31
10/14
GM susta 850 contratos de trabalho em fábrica do ABC

Fábrica da General Motors em São José dos Campos, São Paulo - Marcos Issa / Bloomberg

A General Motors (GM) vai suspender a partir do dia 10 de novembro o contrato de trabalho de 850 empregados de sua fábrica em São Caetano do Sul, no ABC paulista. A medida, fechada ontem, terá duração de cinco meses (até o dia 9 de abril de 2014), foi negociada com o Sindicato dos Metalúrgico de São Caetano, filiado a Força Sindical. E, segundo a entidade, é uma alternativa a demissão de 1.070 trabalhadores, considerados excedentes pela montadora. Este é o segundo lay off na empresa. Na unidade de São José dos Campos, outros 930 funcionários foram afastados em setembro e permanecerão em casa até fevereiro de 2014.

— Foi difícil reverter a posição inicial da empresa que queria dispensar 1.070 trabalhadores — disse Aparecido Inácio da Silva, presidente do sindicato, lembrando que a situação do emprego no ABC está a “cada dia mais difícil”.

  Escrito por Magno Martins, às 23h20
 
Comentários Comentários (0) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

31
10/14
BA: Geddel diz que ninguém lhe tira presidência do PMDB
:

Do Portal BR 247

Derrotado no processo de escolha do candidato da oposição ao governo da Bahia, derrotado na disputa pelo Senado e depois de ver seu candidato a presidente da República, Aécio Neves (PSDB), também derrotado, o baiano Geddel Vieira Lima garante que o PMDB não vai tirar o que lhe restou após as eleições deste ano: a presidência do partido na Bahia.

"Esta notícia é um amontoado de bobagens. Sou membro da Executiva Nacional do partido. Sou membro do Conselho Nacional do Partido e não tem nenhuma informação de verdade nessa notícia11, disse Geddel, que já ocupou cargo de direção na Caixa Econômica Federal no governo Dilma.

  Escrito por Magno Martins, às 22h40
 
Comentários Comentários (0) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

31
10/14
Suape: PF nega engavetamento de inquérito da refinaria
 O superintendente da Polícia Federal em Pernambuco, Marcello Diniz, negou nesta sexta (31) que o inquérito que investiga o superfaturamento em R$ 1,3 bilhão na obra da Refinaria Abreu e Lima, no Complexo de Suape, Litoral Sul do Estado, ficou parado por três anos. "Nós não engavetamos nada, como foi insinuado. Devido à complexidade do caso, a Justiça Federal e o Ministério Público Federal (MPF) foram envolvidos, o que faz com que as investigações parem enquanto os documentos não estão conosco", explicou Diniz.

Na última quarta-feira (29), reportagem publicada pelo jornal O Globo informou que a PF em Pernambuco manteve praticamente paralisado por três anos o inquérito que apurar as suspeitas de superfaturamento nos principais contratos da refinaria Abreu e Lima.Segundo o jornal, "o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, chegou a ser oficiado para que informasse eventual “repactuação dos contratos envolvidos”, ainda no início das apurações, mas não houve resposta nem cobrança por parte da PF".

O caso segue em segredo de justiça no MPF e, portanto, a procuradora Ana Fabíola de Azevedo Ferreira não pode se pronunciar. Felipe Leal ainda confirmou que, inicialmente, existia um medo sobre a prescrição dos crimes. “Mas isso ocorre em toda investigação da PF, sempre nos preocupamos com isso, pois não queremos vencer os prazos. Estamos ainda averiguando em quanto tempo esses crimes podem prescrever, mas pode chegar a mais de 16 anos.”   (Do Portal G1 Pernambuco)

  Escrito por Magno Martins, às 22h00
 
Comentários Comentários (0) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

31
10/14
Dono do Ibope diz que Dilma saiu maior que o PT

Do portal BR 247

O presidente do Ibope, Carlos Augusto Montenegro avalia que a presidente Dilma Rousseff 'saiu da eleição mais forte do que o PT”. Para ele, a vitória da petista foi baseada nos programas sociais do governo Lula e naqueles que ela própria criou ao longo do seu primeiro mandato. O executivo acredita que a oposição não soube dialogar com o eleitorado.

“A oposição apostou mais no sentimento antipetista que existe numa parte da população e caiu em contradição. Ora condenava os governos do PT, ora afirmava que não desmancharia o que os petistas fizeram”, disse.

O presidente do Ibope denuncia outro erro da oposição, precipitado pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso ao falar dos “pobres desinformados”. “Hoje, graças aos governos do PT, a classe mais pobre é muito bem informada. Tem noção muito maior do que tinha há dez anos. Há um entendimento geral de que Lula e Dilma melhoraram a vida dos menos favorecidos”, ressalta.

Para ele, de um ponto de vista prático, é preciso considerar que um governo com 44% de avaliação de ótimo e bom e, em geral, mais de 56% de aprovação, é muito difícil de ser batido. Além disso, a candidata à reeleição acabou por revelar estatura de grande líder. “Em momento algum – sublinha Montenegro –, mesmo diante de uma campanha muito dura, ela fraquejou”.

Ao explicar a vitória de Dilma, Montenegro faz uma comparação entre os discursos da oposição e os dos governistas. “Acredito que um ponto de referência dos eleitores foi a saída de Guido Mantega do governo e a escolha de Arminio Fraga, por Aécio, como futuro ministro da Fazenda', diz. Erro dos tucanos, segundo Montenegro.

  Escrito por Magno Martins, às 21h20
 
Comentários Comentários (0) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

31
10/14
STF manda incluir aumento a juízes no orçamento

Nathalia Passarinho e Renan Ramalho Do G1, em Brasília

A ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou nesta sexta-feira (31) a inclusão no projeto do Orçamento de 2015 da previsão de receitas e despesas aprovada originalmente pelo Judiciário e pelo Ministério Público; Essa previsão inclui proposta de aumento salarial a servidores, juízes, promotores, procuradores e ministros das cortes superiores. O aumento tinha sido excluído pelo Executivo do texto principal do Orçamento.

A decisão da magistrada, no entanto, não obriga o Congresso Nacional a aprovar a proposta do Judiciário na íntegra. O Legislativo tem autonomia para reduzir ou aumentar a previsão de receitas e despesas dos poderes dentro do Orçamento da União.

Rosa Weber classificou de "ilegítima" a retirada, pelo Executivo, das previsões de despesas aprovadas pelo Judiciário e Ministério Público. Para a ministra, o Planalto agiu de forma "unilateral" e sem o respaldo da legislação.

R$ 30,9 mil
O projeto encaminhado pelo Executivo para o parlamento sugere que os salários dos magistrados do STF – que são o teto do funcionalismo – sejam elevados para R$ 30,9 mil. Além disso, o governo federal também reduziu a previsão orçamentária do Ministério Público Federal, o que inviabilizaria os reajustes pretendidos pela categoria.

  Escrito por Magno Martins, às 20h40
 
Comentários Comentários (0) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

31
10/14
Ouça o Frente a Frente desta sexta-feira (31/10)

Se você perdeu o Frente a Frente desta sexta, 31 de outubro de 2014, programa que apresento de segunda-feira a sexta-feira, ao lado da jornalista Eduarda Feitosa, das 18 às 19 horas, pela Rede Nordeste de Rádio, tendo como cabeça de rede a Rádio Folha FM 96,7 formada por 40 emissoras, Clique aqui e ouça agora.

  Escrito por Magno Martins, às 20h05
 
Comentários Comentários (2) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

31
10/14
No Facebook, Aécio agradece os 4 milhões de seguidores

As eleições presidenciais terminaram no último domingo, com a vitória da presidente e candidata à reeleição pelo PT, Dilma Rousseff. A mobilização de eleitores e simpatizantes do candidato derrotado, o senador Aécio Neves (PSDB-MG), em sua página oficial do Facebook, no entanto, continua. Na quinta-feira, Aécio divulgou um post agradecendo a marca de mais de 4 milhões de seguidores - curiosamente, pouco mais do que os 3,5 milhões de votos que garantiram a vitória de Dilma nas urnas. A página oficial da presidente no Facebook tem 2,1 milhões de seguidores.

No post em que agradece a marca conseguida Aécio diz: "Agradeço muito a cada um de vocês, pela companhia, pelo incentivo e força. Para vocês, segue uma pequena lembrança com alguns momentos marcantes dos últimos meses. Que toda essa energia nos sirva como estímulo para continuarmos nossa luta pelas mudanças que sonhamos para o nosso País. Vamos continuar unidos, fortes e atuantes. Que as vozes dos brasileiros possam soar no Congresso e no Planalto, nas ruas e comunidades. Dar força a elas e fazer com que sejam ouvidas é o meu compromisso." Um vídeo com os melhores momentos da campanha em todo o País também foi divulgado.

Nas respostas aos internautas, Aécio e sua equipe falam que a luta pelas mudanças no País vai continuar. Sobre o pedido de auditoria no resultado das eleições presidenciais, a equipe do tucano comenta: "O PSDB entrou, hoje, no TSE, com um pedido de auditoria especial no resultado das eleições. O partido requer a análise de cópia dos boletins de urna de todas as seções eleitorais do País e todos os documentos que contenham dados da apuração. Tenham certeza de que Aécio está ciente das manifestações que se espalharam pelas redes sociais com denúncias de possíveis fraudes e continuará lutando para que sejam esclarecidas. Vocês não estão sozinhos. Como em toda essa caminhada, permanecemos juntos e lutando pelo nosso Brasil."

  Escrito por Magno Martins, às 19h38
 
Comentários Comentários (1) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

31
10/14
Alves: “É hora de governo e Câmara manterem serenidade”

Após conversa na manhã desta sexta-feira com o ministro das Relações Institucionais, Ricardo Berzoini, o presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), adotou um tom apaziguador no discurso com o Palácio do Planalto. Alves disse que é hora de todos manterem a “serenidade” porque 2015 “será muito difícil”.

Preocupado com as votações onerosas para o governo, Berzoini reiterou as preocupações já manifestadas na quinta-feira pelo ministro-chefe da Casa Civil, Aloizio Mercadante. O Planalto quer acompanhar os projetos que estão em pauta na Casa e pede que o clima de diálogo entre Executivo e Parlamento seja mantido. “(O diálogo) é necessário mais do que nunca, a economia e a política exigem. É hora de muita serenidade, de todos. O ano de 2015 será muito difícil”, comentou Alves.

O presidente da Câmara reafirmou a intenção de votar as Propostas de Emenda à Constituição (PEC) que aumentam os repasses da União ao Fundo de Participação dos Municípios (FPM) e o texto aprovado no Senado do Orçamento Impositivo – que obriga a execução no Orçamento da União de emendas dos parlamentares até o limite de 1,2% da receita corrente líquida do ano anterior. As duas propostas já entraram na pauta de votações da próxima semana.

  Escrito por Magno Martins, às 19h07
 
Comentários Comentários (0) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

31
10/14
OAB entra com ações por crimes nas redes sociais

Do Blog da Folha

O presidente da Ordem de Advogados do Brasi l- seccional Pernambuco (OAB-PE), Pedro Reynaldo Alves, declarou que cinco pessoas já foram representadas, junto ao Ministério Público Federal (MPF) por incitação ao ódio e ao preconceito nas redes sociais. De acordo com o magistrado, esse tipo de crime pode levar a revisão de pena de dois a cinco anos de reclusão.

“Já representamos cinco pessoas no Ministério Público. Quatro no Recife e uma advogada no Ministério Público Federal em São Paulo. O agravante é que esse tipo de crime é praticado nas redes sociais justamente porque quanto maior a difusão da manifestação odiosa e preconceituosa, maior deve ser a pena. Então nós estamos prevendo e pedindo que eles sejam inseridos no agravamento do paragrafo 2 do artigo 20, que são de 2 a 5 anos de reclusão", explicou o magistrado.

Apesar de ingressar com representações no MPF, o presidente da OAB-PE não acredita que as declarações feitas nas redes sociais caracterizem um sentimento separatista. “O que está havendo com as redes sociais é um potencial de inteiração maior da sociedade, identificando um preconceito de pessoas, que sempre houve. A ação da OAB é reagir, de mostrar ao cidadão que ele faz as manifestações que ele expressa nas redes sociais surte consequências jurídicas”, afirmou.

  Escrito por Magno Martins, às 18h47
 
Comentários Comentários (0) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

31
10/14
Polícia Federal indicia Henrique Pizzolato por 9 crimes

A Polícia Federal informou hoje que concluiu a investigação que aponta nove crimes de falsidade ideológica e uso de documento falso cometidos por Henrique Pizzolato, ex-diretor do Banco do Brasil que foi condenado no julgamento do mensalão e fugiu para a Itália. A investigação da PF serve de base caso o Ministério Público decida oferecer denúncia sobre o caso à Justiça.

Segundo a PF, todos os crimes foram cometidos entre 2008 e 2010, antes da fuga para a Itália, nas cidades do Rio de Janeiro (RJ), Florianópolis (SC) e Lages (SC). Pizzolato usou documentos que pertenciam a seu irmão, Celso Pizzolato, morto em 1978. Ainda de acordo com a polícia, a pena prevista para cada um dos nove crimes apontados pode variar de um a cinco anos de reclusão.

Em um dos crimes apurados pela PF, em 2008, ele requeriu passaporte em Lages em nome de seu irmão, utilizando RG e título de eleitor falsos. Em 2010, no Rio, Pizzolato requeriu passaporte italiano no Consulado da Itália utilizando RG e passaportes falsos.

  Escrito por Magno Martins, às 18h12
 
Comentários Comentários (0) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

31
10/14
PSDB parece time que perde e culpa o juiz, diz Falcão

O PT publicou um texto na tarde de hoje, no site do partido no qual o presidente do partido, Rui Falcão, critica o pedido de auditoria das eleições feito pelo PSDB ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). "O PSDB está parecendo time que perde e, depois, põe a culpa no juiz", afirma Falcão.

O PSDB entrou ontem no TSE com uma representação na qual pede uma auditoria "nos sistemas de votação e de totalização dos votos". Assinado pelo coordenador jurídico do partido, deputado Carlos Sampaio (SP), o documento argumenta que há "uma somatória de denúncias e desconfianças por parte da população brasileira" motivada pela decisão da Corte eleitoral de divulgar a contagem dos votos após o término da votação no Acre, com fuso horário de três horas de diferença em relação a Brasília.

Intitulado "Ainda de ressaca, tucanos pedem auditoria no TSE", o texto alega que apoiadores do candidato do PSDB à presidência neste pleito, senador Aécio Neves, "decidiram colocar em cheque a lisura da justiça eleitoral brasileira".

  Escrito por Magno Martins, às 17h42
 
Comentários Comentários (3) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

31
10/14
Lula quer fortalecimento de parcerias na América do Sul

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva defendeu hoje a expansão de parcerias entre o Brasil e países da América do Sul para o fortalecimento da região. Em vídeo postado em seu perfil no Facebook, Lula criticou os que condenam a política externa brasileira e ressaltou a importância da continuidade das relações com os Estados Unidos e com a Europa por serem estratégicas para o País.

"Nós temos um mercado de praticamente 400 milhões de habitantes, nós temos um mercado de 5 trilhões de dólares, ou seja, um PIB muito importante na América do Sul e nós exploramos 30% do que poderíamos explorar, seja do ponto de vista de integração física ou de integração política, social, cultural, educacional", avaliou. "Isso é que vai dar solidez para a América do Sul se transformar tão forte como a União Europeia."

Lula também afirmou que a busca por um fortalecimento entre os países da região deve ser o posicionamento da presidente Dilma Rousseff em segundo governo. "Tenho certeza que a presidente Dilma vai retomar isso com muita força", comentou. "Ela vai fortalecer e calçar o nosso alicerce, que é exatamente com os nossos vizinhos de um lado", acrescentou. No vídeo, também afirmou que a região será forte "o dia em que a gente acreditar na gente mesmo".

  Escrito por Magno Martins, às 17h00
 
Comentários Comentários (2) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

31
10/14
Morre Rafael Soares, filho do apresentador Jô Soares

Do Portal Veja Online

Rafael Soares, filho do apresentador Jô Soares, morreu nesta sexta-feira, no Rio de Janeiro, aos 50 anos. Fruto do relacionamento de Jô com a atriz Theresa Austregésilo, ele sofria de autismo.

A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa do apresentador, que não deu detalhes sobre a causa da morte. Rafael vivia com a mãe no Rio e, quando vinha a São Paulo, ficava no apartamento do apresentador em Higienópolis.

No ano passado, Jô contou que sua peça Três Dias de Chuva, que ficou em cartaz em São Paulo, foi inspirada no filho. “Eu tenho um filho autista, com uma série de problemas que se agravam. E isso é uma condição genética. Fica difícil se comunicar com ele”, disse ele à época.

Outros filhos não aconteceram na vida do apresentador. Theresa chegou a engravidar de gêmeos depois de Rafael, mas a gestação não vingou. “O Rafinha é diferente. Mas hoje eu não queria ter um filho diferente dele”, afirmou, em 2003, o apresentador.

  Escrito por Magno Martins, às 16h37
 
Comentários Comentários (0) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

31
10/14
Tucanos discutiram auditoria de eleição via WhatsApp

A decisão do PSDB de pedir uma auditoria especial para investigar o processo eleitoral foi tomada pela direção do partido a partir de um bate-papo via WhatsApp, aplicativo de troca de mensagens instantâneas.

Responsável pelo processo, o deputado federal Carlos Sampaio, que coordenou o setor jurídico da campanha de Aécio Neves ao Palácio do Planalto, consultou os colegas e recebeu "contribuições" ao texto que mais tarde seria protocolado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Integrantes da direção tucana diziam na noite desta quinta-feira, que Aécio, presidente nacional da legenda, não discutiu o caso porque estaria "incomunicável". A participação do senador mineiro na decisão, no entanto, ainda não está clara.

Na troca de mensagens, um membro da direção ponderou que era preciso tomar cuidado com a redação final da representação. Havia o temor de que ela desse munição para que o PT acusasse a oposição de tentar reverter o resultado da eleição presidencial no tapetão.

Ente os argumentos dos dirigentes do PSDB para justificar a representação é consta que, desde domingo a sigla recebeu "milhares de denúncias" de militantes e eleitores. Entre as mais recorrentes estão casos de urnas que não registravam o número 45 ou de pessoas que não puderam votar pois alguém havia feito isso em seu lugar. Dirigentes do partido chegaram a pedir o extrato de votação para os fiscais do partido em vários Estados para fazer a conferência por amostragem com a apuração realizada pelo TSE.

  Escrito por Magno Martins, às 16h00
 
Comentários Comentários (7) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

31
10/14
Assessores doaram R$ 1,38 mi à campanhas

As campanhas de ao menos 125 deputados e dez senadores que disputaram a reeleição neste ano contaram com uma "caixinha" feita entre secretários parlamentares e assessores. De acordo com levantamento feito pelo site Congresso em Foco, a contribuição de 363 funcionários resultaram na doação de R$ 1,38 milhão para seus respectivos chefes.

Em mais de um caso foram identificadas doações cujo valor superava o salário pago pelo gabinete do deputado ou do senador. A contribuição de pessoas físicas é permitida pela legislação eleitoral. A única restrição é que o valor não ultrapasse 10% dos rendimentos brutos declarados no ano anterior ao da eleição. Os funcionários e parlamentares ouvidos pelo Congresso em Foco afirmaram que as contribuições foram feitas de forma espontânea.

  Escrito por Magno Martins, às 15h30
 
Comentários Comentários (0) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

31
10/14
No Vaticano, Lyra acompanha Orquestra Criança Cidadã



O governador João Lyra Neto prestigiou, hoje, o concerto da Orquestra Criança Cidadã (OCC) Meninos do Coque para o Papa Francisco, na Sala Paulo IV, no Vaticano, na Itália. Foram apenas seis músicas e um momento inesquecível de paz transmitido pelas 44 crianças e adolescentes carentes do Recife. Um repertório montado ao gosto do Papa - quatro das composições apresentadas foram do compositor alemão Johann Sebastian Bach - que emocionou a todos os presentes.

Esse foi o primeiro projeto sociomusical brasileiro a se apresentar para um Papa no Vaticano, o concerto foi realizado paralelamente à 16ª Conferência Internacional da Fraternidade Católica, que acontece até o domingo, em Roma. O governador destacou a importância do evento. 'Ver essas crianças e adolescentes se apresentando para o Papa é muito emocionante. São pessoas carentes que tem garantido seu futuro através da música'.
 
Ao final da apresentação, João Lyra Neto e a primeira-dama Leila Queiroz cumprimentaram pessoalmente o Papa Francisco e entregaram o livro 'Igrejas do Recife', de Mário Nunes, com os principais templos católicos históricos de Pernambuco retratados pelo artista. Ao agradecer, o Papa descontraído disse que João Lyra era 'o governante da orquestra'. Pouco antes da apresentação no Vaticano, o governador foi recebido pelo embaixador brasileiro junto à Santa Sé, Denis de Souza Pinto, juntamente com o bispo de Caruaru, Dom Dino Marchió.

  Escrito por Magno Martins, às 15h00
 
Comentários Comentários (3) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

31
10/14
Aécio deu aval para pedido de auditoria nas eleições

O deputado federal Carlos Sampaio (SP), coordenador jurídico do PSDB, disse, hoje, ao Estado de SP, que o senador Aécio Neves, candidato derrotado à Presidência e presidente da sigla, deu aval para o pedido de auditoria do resultado das eleições protocolado nessa quinta-feira, pelos tucanos.

"Falei com Aécio pelo telefone. Disse a ele que fizemos uma discussão no grupo jurídico porque vimos que se instalou um clima de insegurança em relação ao sistema de votação. Ele disse que não se opunha e deu aval (para o pedido de auditoria)", afirmou.

Em petição ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o partido pediu abertura de um processo para verificar o sistema de votação e de totalização dos votos com a criação de uma comissão de especialistas indicados pelos partidos políticos.

Apesar da iniciativa, o coordenador jurídico do PSDB exalta o papel do presidente do TSE, ministro Dias Toffoli, nas eleições e não credita a derrota de Aécio a problemas que tenham ocorrido no sistema. "Há um ambiente de desconfiança em relação ao sistema, mas o Toffoli foi isento, imparcial, correto. Deu um show como presidente do TSE", disse o tucano. Segundo Sampaio, a iniciativa do PSDB foi "uma ação em defesa da própria corte".

  Escrito por Magno Martins, às 14h30
 
Comentários Comentários (2) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

31
10/14
PT rechaça ideia de ministro da Fazenda ortodoxo

O PT admite que o governo precisa reconquistar a credibilidade com o mercado financeiro, mas a escolha de um economista com perfil ortodoxo para substituir Guido Mantega no Ministério da Fazenda é rechaçada pela cúpula do partido.

A avaliação de dirigentes ouvidos pelo jornal O Estado de S. Paulo é que a nomeação de um economista muito “pró-mercado” representaria a antítese do discurso encampado durante a campanha, quando a presidente Dilma Rousseff tentou colar em seus oponentes a marca de “candidatos dos banqueiros”.

Embora os petistas digam que não pretendem criar “constrangimentos” para a escolha, no que depender do PT o novo ministro da Fazenda tem nome: o ex-secretário executivo da Fazenda Nelson Barbosa, que deixou o governo em maio de 2013 após se desentender com o secretário do Tesouro Nacional, Arno Augustin. Nas palavras de um ministro do PT, Barbosa é “um ótimo economista”, “ponderado” e que “ouve bastante”.

  Escrito por Magno Martins, às 14h00
 
Comentários Comentários (0) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

31
10/14
Após campanha, Rosseto reassume ministério

O ministro do Desenvolvimento Agrário, Miguel Rosseto, reassume nesta sexta-feira a pasta após quase dois meses afastado para dedicar-se à campanha à reeleição da presidente Dilma Rousseff. No início de setembro, Rosseto foi exonerado a pedido e o comando do ministério foi assumido pelo secretário-executivo, Laudemir Müller.

Rosseto foi o único a pedir exoneração para participar da campanha. Outros ministros, que haviam saído de férias, também retornaram ao trabalho esta semana, entre eles o da Secretaria-Geral da Presidência, Gilberto Carvalho; o da Casa Civil, Aloizio Mercadante; o da Agricultura, Neri Geller; o da Aviação Civil, Moreira Franco; e o da Pesca, Eduardo Lopes.

Também voltaram das férias após o segundo turno das eleições a ministra da Secretaria de Direitos Humanos, Ideli Salvatti; o ministro da Previdência Social, Garibaldi Alves; e o de Minas e Energia, Edison Lobão. O ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, saiu de férias no primeiro turno e desde o dia 6 de outubro já havia retornado ao trabalho. Na volta ao trabalho, a agenda dele prevê reuniões com o secretariado.

  Escrito por Magno Martins, às 13h30
 
Comentários Comentários (0) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  


Copyright Magno Martins. 2011. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.