Prefeitura de Petrolina

25/04


2015

Zelotes-Hasbc: perdas já alcançam a Lava Jato

As perdas de recursos da União com o esquema de propinas no CARF/Receita Federal, onde empresas e bancos pagaram propinas para ter multas e impostos reduzidos, já chegam a R$ 6 bilhões e podem alcançar R$ 19 bilhões. As perdas já apuradas se equivalem às da Petrobrás, expressas no balanço auditado divulgado esta semana, com o esquema de corrupção investigado pela Operação Lava Jato. Entretanto, a Operação Zelotes, que investiga o esquema do CARF, vem sendo esquecida pela mídia, pelo Congresso e pelos udenistas de plantão.

Ontem foi finalmente instalada na Câmara a subcomissão especial de Fiscalização e Controle que acompanhará os trabalhos da Operação Zelotes,. tendo como presidente o deputado Valtenir Pereira (PROS-MT) e como relator o deputado Paulo Pimenta (PT-RS), que propôs sua criação.

Na próxima quarta-feira a subcomissão – que não tem todos os poderes de uma CPI, como o de quebrar sigilos, mas pode dar mais visibilidade ao grande esquema que vem sendo ignorado, aprovará o plano de trabalho e a lista dos primeiros convocados a prestar depoimentos. Entre eles, dirigentes das grandes empresas e bancos que pagaram propinas para ter multas e impostos reduzidos ou anulados pelo conselho que examina recursos dos contribuintes.

A Polícia Federal e o Ministério Público Federal apuram fatos que podem configurar crimes de tráfico de influência, corrupção, advocacia administrativa, associação criminosa e lavagem de dinheiro. Por que eles merecem menos atenção que os crimes cometidos pelos investigados pela Lava Jato? Você decide.  (Tereza Cruvinel)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se

Seminário de Alta Performace

25/04


2015

Brasileiro diz que está bem, após terremoto

Do G1 Ceará

O montanhista cearense que está no Monte Everest,  Rosier Alexandre, ligou para a família por volta das 7h30 da manhã deste sábado (25), após o terremoto que atingiu o Nepal. O montanhista conversou com a mulher e disse que está bem. Um forte terremoto de magnitude 7,9 a oeste de Katmandu, capital do Nepal, gerou uma avalanche no Monte Everest neste sábado (25). Segundo uma autoridade do Ministério do Turismo local, são ao menos dez mortos no monte. O número de mortos chega a 990 no Nepal e Índia.

 

"Ele falou muito rapidamente, disse que está bem, mas não sabe como está a via de escalada", disse Danúbia Saraiva, mulher de Alexandre.  O cearense está no campo 2 do monte, a 5 364 metros .

Segundo Danúbia Saraiva, o filho de Rosier, Davi Saraiva, 22 anos, que acompanha o pai e está no campo base, também enviou mensagem de texto informando que passa bem.

Rosier embarcou em 30 de maio deste ano para retornar ao Monte Everest, cerca de um ano depois de presenciar uma avalanche que vitimou 16 pessoas em abril de 2014. “Em nenhum segundo, eu pensei em desistir. Naquele momento, diante daquela tragédia que tivemos que desistir da expedição, já marquei uma data que eu voltaria no ano seguinte”, disse Rosier, antes de viajar.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se


25/04


2015

PF quer ouvir PMDB sobre Cunha na Lava Jato

A Polícia Federal encaminhou ao ministro Teori Zavascki, relator da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), um pedido de autorização de coleta e mais duas testemunhas a fim de esclarecer pontos na investigação do presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

No documento encaminhado ao STF no dia 15 de abril, o delegado da Polícia Federal Thiago Machado Delabary esclarece ao ministro o andamento das diligências referentes ao inquérito do qual Cunha é alvo, e pede a extensão de prazo de 60 dias. É pedido ainda que sejam ouvidos o advogado Francisco José Reis, e o presidente do PMDB no Rio, Jorge Picciani, pai do líder do PMDB na Câmara, deputado Leonardo Picciani. Um endereço atribuído a Reis, que é ex-assessor de Jorge Picciani, é apontado como um dos destinos de entrega de dinheiro proveniente do esquema de corrupção apurado na Lava Jato.

De acordo com a PF, entre os pedidos de diligências solicitados no inquérito que tem Cunha como alvo foi realizada a oitiva da ex-deputada federal Solange Pereira de Almeida, hoje prefeita da cidade de Rio Bonito (RJ). Solange abriu, em julho de 2011, dois requerimentos junto à Comissão de Fiscalização e Controle da Câmara, pedindo auditorias no Tribunal de Contas da União (TCU) e no Ministério das Minas e Energia para apurar a relação da Petrobras com a empresa Mitsui.

A Procuradoria suspeita que as representações feitas por Solange tenham sido arquitetadas por Cunha, com base em depoimento do doleiro Alberto Youssef. De acordo com o delator, o presidente da Câmara seria um dos beneficiários das propinas vindas do esquema envolvendo contrato de aluguel de um navio-plataforma das empresas Samsung e Mitsui. Ele teria encomendado os pedidos de auditoria dos contratos após o pagamento de propina ter sido suspenso. Cunha tem negado qualquer favorecimento no esquema.(Da Agência Estado)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se


25/04


2015

Gravatá: advogado preso por suspeita de tráfico

Do G1 Caruaru

A Polícia Civil prendeu um advogado da área criminal em Gravatá, Agreste pernambucano. O procedimento ocorreu após expedição de mandado judicial pela comarca local. Ele é suspeito de envolvimento no tráfico de drogas, segundo a assessoria de imprensa da corporação.

O advogado foi levado ao Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna (Cotel), em Abreu e Lima, Região Metropolitana do Recife. A prisão ocorreu na tarde da sexta-feira (24) e foi comunicada pela assessoria de imprensa na manhã deste sábado (25).


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se


25/04


2015

Uma briga nada republicana

Coluna do Moreno - O Globo

A nota de Renan Calheiros, informando que não vai mais polemizar com Eduardo Cunha, não arrefece o clima de beligerância entre os dois, que está na origem da formação política de cada um deles e da própria disputa histórica entre o PMDB do Senado e o da Câmara, que se evidencia, principalmente, quando as duas bancadas assumem simultaneamente as presidências das duas Casas do Congresso. 

O bate-boca provocado pelo projeto de terceirização, quando Renan avisou que a matéria não teria a mesma tramitação célere da Câmara, e passou a ter, como resposta, a ameaça de Cunha de que então passaria a “sentar em cima” dos projetos oriundos do Senado, exibe a visão pequena que ambos têm do Legislativo e o tamanho do espírito público de cada um deles. 

Não há nenhuma motivação republicana nessa briga.

Apenas uma mesquinha disputa de poder, por razões absolutamente inconfessáveis e subalternas.


Atenção, Brasil: durma tranquilo! 

A ameaça de Cunha buscar a recondução ao cargo de presidente da Câmara, no meio desta legislatura, é constitucionalmente impossível, e qualquer tentativa de mudar a Constituição com esse objetivo é impraticável, pois teria de estendê-la também ao Senado. 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se

Naipes Consultoria

25/04


2015

PT vai passar a sacolinha em todo o país

O PT, que acaba de anunciar que não mais aceitará doações de empresas privadas para financiar suas campanhas e atividades partidárias, vai deflagrar uma campanha nacional para receber contribuições dos filiados. A ferramenta que será usada para receber esses recursos será a internet. Os militantes e simpatizantes só poderão dar sua ajuda via cartão de crédito, e todos terão que se identificar pelo CPF. A legenda quer garantir o máximo de transparência. Os petistas definiram ainda que cada doação individual terá o valor máximo de R$ 1.000, e o valor mínimo de R$ 15. O partido ainda calcula a expectativa de arrecadação.

O PT vai usar seu programa nacional de TV de 11 de maio para tentar limpar sua barra, atingida pelo escândalo da Petrobras. A ideia é defender o combate à corrupção, resgatar a História e os compromissos da legenda nestes 15 anos. (Lauro Jardim - O Globo Online)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se

Comentários

Nehemias Fernandes Jaques

BLOGUEIRO QUE RECEBIA “MENSALÃO TUCANO” DE R$ 70 MIL TAMBÉM TRABALHOU PARA AÉCIO. A agência do blogueiro e advogado Fernando Gouveia, que recebeu recursos do governo de São Paulo e mantinha site antipetista, a Brasil Comunicação, de Belo Horizonte, trabalhou para campanhas tucanas. Dono da empresa mineira, o publicitário Zuza Nacif, em conversa telefônica com a reportagem, anteontem, confirmou a relação com a agência paulista e explicou que a Appendix foi acionada por ele para prestar serviços na campanha do senador Aécio Neves (PSDB) à Presidência da República.

José Cláudio Soares de Oliveira

Obrigado Sonia! Mande seu e-mail para interagirmos. ..

sonia

Será que o empreiteiro vai entragar o chefe ??? Espero. Espero também que as agruras vividas na prisão por Leo Pinheiro, já há mais de 6 meses, o façam mudar de idéia: AMIZADE POR LULA X CADEIA FECHADA POR LONGOS ANOS.

Everaldo Aleixo

Com quatro meses de segundo mandato, a Dilma e o Bendine concluíram a apuração dos votos do Terceiro Turno.O país voltou ao normal, é crise na ala dos contra a nação.

sonia

Isso grande jornalista José Cláudio, disse tudo em poucas palavras.



25/04


2015

Te amo, meu pai!



Hoje, olho para o meu pai Gastão Cerquinha, que completa 93 anos, e enxergo nele o fio do passado, de guia, de mestre que cumpriu a sua missão de nos passar sabedoria, conhecimento e experiência. Um dia vi meu pai dizer que só morre de verdade quem não viver, porque quem vive e faz por merecer jamais verá o eterno anoitecer.

Para mim, meu pai é mais do que um amigo. É um herói, o piloto de minha vida. Até nos voos no escuro encontro nele as coordenadas que rompem as nuvens sem turbulências. Papai foi um homem pobre e trabalhador, que deixou para os filhos a herança mais rica: educação. Os ensinamentos mais sublimes: ser honesto, respeitar e zelar o próximo como a si mesmo.

Um pai presente como ele sempre foi, apesar de viver quase como um escravo do trabalho, tendo buscado o pão do dia a dia com muito suor, sendo aprendiz de sapateiro, feirante, padeiro, servidor público e comerciante. Sua presença, para nós, sempre foi e será uma luz que guia o peregrino durante a sua jornada.

São muitas as recordações que trago dela na minha memória: a primeira viagem de trem para o Recife, o pastoreio do gado no final das tardes quentes do Sertão, a excelência de leiteiro no curral de gado que ficava no quintal da enorme casa onde nasci, a paciência de Jó com a freguesia do seu comércio, os acalorados e emocionantes discursos como político e a sua impecável letra como telegrafista dos Correios e Telégrafos.

Meu pai não me disse como viver. Ele vive e me deixa viver como ele vive, oferecendo o conforto e o calor para que a jornada na terra seja de sucesso e próspera. Durante minha adolescência era a autoridade dele que punha limites aos meus desejos. Já maduro na vida, continua sendo o meu melhor conselheiro e amigo. Meu pai me ensinou mais do que isso: me ensinou a ser forte.

Me protegeu quando eu precisei, mas me deixou resolver os meus problemas quando eu lhe pedi. Esteve sempre ao meu lado, mas brigava comigo quando compreendia que eu estava errado. Papai é um grande homem, daqueles que só ensinam o que é digno. O seu abraço apertado, as suas mãos firmes sempre ao meu lado me dão forças para o caminhar da vida.

Seu sorriso me ilumina, sua voz me fascina e me acalma nas horas de dor. Meu pai me faz rir e chorar, seca minhas lágrimas, me alimenta com o seu imenso amor. Nunca sairá de minha memória os maravilhosos momentos que precisei de meu pau e ele me acolheu com tanto amor e proteção.

Obrigado, pai, por orientar o meu caminho, feito de lutas e incertezas, mas também de muitas esperanças e sonhos. Obrigado, pai, por hoje vibrar, se emocionar e se orgulhar pelos feitos deste filho que tanto te ama.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se

Comentários

José Cláudio Soares de Oliveira

Linda história!

sonia

Uma bonita declaração de amor que você tem pelo seu pai. Valeu !!!


Stampa Midia

25/04


2015

Fraude: suspenso concurso para delegado

Do Diario de Pernambuco - Wagner Oliveira

Uma liminar concedida pela Segunda Vara da Fazenda Pública suspendeu a realização das provas do concurso público com 100 vagas para delegados da Polícia Civil, que seriam aplicadas amanhã. A suspensão da primeira etapa do certame pegou de surpresa os cerca de 25 mil concorrentes inscritos. O pedido foi feito por uma candidata e acatado pela Justiça ontem à tarde, devido à existência de indícios de fraude no processo de licitação para escolha da organizadora do concurso. A seleção está sendo organizada pelo Instituto de Apoio à Universidade de Pernambuco (Iaupe).

Muitos candidatos de outros estados e de cidades pernambucanas distantes do Recife se frustraram com a notícia.

O presidente da Adeppe, Francisco Rodrigues, defende a abertura de novo processo licitatório para a escolha da organizadora. “Essa empresa não tem condições de realizar um concurso com segurança”, apontou Rodrigues.

Além de suspender a aplicação das provas, o juiz Évio Marques da Silva fixou multa de R$ 50 mil em caso de descumprimento. Procurado pelo Diario, o Iaupe afirmou que o quem poderia falar sobre o caso era o governo do estado.

O salário para aprovados é de R$ 9.069,81, com jornada de 40 horas semanais. Para concorrer, os candidatos devem ter nível superior em direito. O certame é composto por prova objetiva e discursiva (que seriam feitas domingo), teste de capacidade física, avaliação psicológica, exame médico e investigação social.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se

Comentários

José Cláudio Soares de Oliveira

Do jeito que a coisa tá pra bandas de Brasília é bom nunca acreditar nesses concursos feitos por empresas sem credibilidade.


Biologicus

25/04


2015

Na Câmara um fenômeno

Carlos Chagas

A gestão de Eduardo Cunha na presidência da Câmara vem sendo uma caixa de surpresas. Primeiro porque conta com mais da maioria absoluta dos deputados, entrando nos partidos feito faca na manteiga. Prometeu e cumpriu facilidades aos colegas, mas, antes disso, é popular pelo enfrentamento que pratica contra o Executivo. Tem inovado, também, em matéria legislativa. Ressuscitou velhos projetos, do que eleva para 75 anos o tempo de aposentadoria compulsória nos tribunais superiores e atendeu pedido das elites conservadores, fazendo votar a lei das terceirizações, claro que favorável aos patrões. Impulsiona a reforma política como nenhum de seus antecessores. É quem mais conhece o regimento da casa e toda a legislação parlamentar, dispondo sempre de uma reposta pronta e correta para quaisquer dúvidas e até armadilhas. Criou a Câmara Itinerante, levando aos estados, todo fim de semana, uma prestação de contas das atividades em curso.

Aceitou convite para jantar com a presidente Dilma, desfazendo parte do clima de beligerância entre eles, mas não cedeu um milímetro na decisão de manter a independência do Legislativo. Até acaba de sair na briga com o presidente do Senado, Renan Calheiros, infenso a aprovar de imediato a lei das terceirizações: “pau que dá em Chico dá em Francisco”, retrucou, ameaçando paralisar projetos de interesse dos senadores.

O singular nessa trajetória inesperada é que Eduardo Cunha está sempre inventando, não raro em seu favor. Anunciou a apresentação de emenda constitucional acabando com o foro privilegiado dos parlamentares, que faz muito só podem ser julgados pelo Supremo Tribunal Federal.Quer que o julgamento de deputados e senadores comece na primeira instância. Apenas para prendê-los ou censurar-lhes os telefones o juiz comum precisaria de licença da mais alta corte nacional de justiça. Uma armação perfeita para livrar parlamentares envolvidos em malfeitos, porque geralmente duram anos e décadas os processos na Justiça, sendo que depois da primeira instância vem a segunda, a terceira e até a quarta. No final, os crimes terão prescrito.

Como Eduardo Cunha é um dos que integram a lista da procurador-geral como suspeitos de irregularidades, atualmente sob inquérito judicial, nada melhor do que a mudança por ele proposta também em benefício próprio.

Em suma, até influindo nas nomeações da presidente Dilma para o ministério, o presidente da Câmara configura um fenômeno, ignorando-se apenas se para o bem ou para o mal. Poderá permanecer na função até 2018, se reeleito em 2016. Concorrendo a que? Muita gente supõe que ao governo do Rio de Janeiro, mas como o PMDB jura que da próxima vez disputará o palácio do Planalto, quem sabe?...


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se

Santana e Plácido

25/04


2015

São José abandonada e tomada pela dengue

Por Cláudio Soares

A cidade conhecida no cenário nacional denominada terra da poesia é vista hoje como terra do abandono,  sujeira, imundice e cheia de lixo. Esta leitura foi tirada por este jornalista que lhes escreve. Foi exatamente no último feriado que montamos uma equipe e fomos constatar de pertinho a situação que se encontra uma das poucas cidades no Sertão governadas pelo PT. 
 
O sinal de abandono você não  encontra no centro da cidade - neste local, está tudo bonitinho com meios-fios pintados de cal e sempre uma equipe da limpeza de prontidão para deixar uma boa impressão. Mas basta atravessar a primeira ponte que sempre interliga os bairros da cidade que logo aparece entulhos, imundices e uma revolta generalizada da população. "Se continuar do jeito que está indo, certamente, vai ser difícil a reeleição do atual prefeito Romério do PT", disse um morador do bairro planalto que confirmou ter votado e não vota mais no prefeito.

Talvez por isso, a cidade dos poetas lidera a lista de pessoas infectadas pelo mosquito Aedes aegypti (dengue) na região do Pajéu perdendo apenas para a vizinha Itapetim, uma alta de  incidência considerando os números de casos por cada 100 mil habitantes. Vale lembrar que, segundo o IBGE, o município possui uma população de pouco mais de 32 mil habitantes e a vizinha cidade de Afogados da Ingazeira na mesma proporção numérica  está apenas com 322,87 de infectados. 

O prefeito Romério, do PT, é bom fixar, exerce a função de médico no seu consultório particular que fica no município, ou seja, é uma pessoa da saúde, mas pela saúde pública é, absolutamente, uma negação. Na sua campanha em 2012 ele prometeu uma saúde de primeiro mundo -, mas as mulheres gestantes do lugar não conseguem ter seus filhos onde gostariam, ou seja, em São José do Egito (egipcienses),  porque o único hospital público que é municipalizado não oferece nenhuma condição  para receber sequer,  um parto normal. As grávidas do lugar são obrigadas, depois de sofrer muitas dores,  irem  para a vizinha Afogados da Ingazeira ou Arcoverde para terem  seus filhos, isto ocorre por falta  estrutura hospitalar e pura incompetência do governo do PT.

É tanta irresponsabilidade e inabilidade do prefeito que em pouco mais de dois anos do seu governo já são treze (13) secretários que pediram para sair e abandonaram sua equipe. Somente na saúde são três (03) secretárias que ocuparam o cargo. Os postos de saúde tiveram a energia elétrica cortada por falta de pagamento. O posto centro da mulher na transbinha está fechado e o lixo tomou de  conta. O ginásio de esportes é outro sinal de abandono da marca de Romério do PT, recentemente, a energia, também, foi cortada. Os motoristas que transportam os estudantes na zona rural estão há três meses sem receber e resolveram parar os carros. As oficinas se recusam prestar serviço a prefeitura porque não recebem. As casas de peças fecham as portas quando a conversa é vender a prefeitura.

A coisa está tão feia que até eleitores e funcionários  do prefeito andam criticando sua gestão. Outro dia, precisamente, numa sessão na câmara municipal, um vereador da base do prefeito discursava na tribuna e dizia ao povo presente naquela casa que a reforma política que está na iminência de acontecer pode alongar os mandatos dos atuais prefeitos,  e se isso acontecesse, o prefeito Romério iria, também, ganhar mais anos. O inusitado neste episódio  aconteceu:  um senhor de idade e que foi eleitor do prefeito e  assistia a sessão  logo retrucou - "Que conversa é essa?  Se for desse jeito  é melhor beber remédio pra rato". Disparou!

Tudo isto acontecendo e o prefeito no seu estilo fanfarrão que lhe é peculiar, costuma ocupar um espaço numa rádio local comprado com dinheiro público para dizer aquilo que todos os petistas sempre sabem  fazer, uma propaganda enganosa,  que não sabe de nada, que ainda tem um (01) ano e oito (08) meses de governo, que o governo é voltado para os pobres, que existe uma elite local, é coisa desse tipo.

Sinceramente, vê uma cidade tão rica em cultura, um povo com bons atributos de inteligência, com tanta intensidade na política, como dizia doutor Arraes - "Aqui em São José do Egito o povo é sábio, politizado".  É realmente de ficar sem acreditar  que esse lugar esteja tão abandonado desse jeito, é efetivamente  pedir para esquecer, definitivamente,  o governo de Romério do PT.

Jornalista e bacharel em Direito


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se


25/04


2015

Coluna do sabadão

Câmara dá o braço a torcer

Numa espécie de mea-culpa, o governador Paulo Câmara (PSB) deu a mão à palmatória e reconheceu, ontem, em discurso no seminário Todos por Pernambuco, em Palmares, que as medidas tomadas para reduzir a violência no Estado, a ponto de não comprometer o Pacto pela Vida, ainda não surtiram efeito.

“Isso nos deixa frustrados, mas não desanimados para enfrentar o problema”, disse o governador. Em seu discurso, Câmara disse: “A violência está sendo reduzida? Não! O Pacto pela Vida está como queremos, dando resultados? Não! Mas, nós estamos atentos e tomando as decisões que o momento exige? Sim”.

Segundo levantamento da Secretaria de Defesa, houve um recrudescimento da violência no Estado nos últimos seis meses, tendo se agravado recentemente, o que levou o Governo a rever o Pacto pela Vida. “Estamos discutindo novas estratégias, vendo o que deu certo e errado, mas estamos atentos e não permitir que o Pacto seja comprometido”, disse Câmara.

O governador destacou, especialmente, a onda sanguinolenta que se observa em Serra Talhada, onde, nos últimos 40 dias, nove pessoas foram assassinadas depois da execução do vereador Cição, que era policial. “Serra é um capítulo à parte. O secretário de Defesa e toda sua equipe estão atentos e trabalhando para tranquilizar a população”, afirmou.

A oposição já havia se manifestado sobre o aumento da violência. Os números apresentados pelo Governo, registrando um aumento de 8,73% de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI), em 2014, trazem à tona a necessidade de uma repactuação do Pacto pela Vida, questão que já vinha sendo alertada publicamente pela bancada de oposição na Assembleia Legislativa e que também foi vocalizada pelo então candidato ao Governo do Estado, senador Armando Monteiro, ao longo de toda a campanha eleitoral”, diz o líder Sílvio Costa Filho.

Segundo ele, quando foi lançado pelo então governador Eduardo Campos, em 2007, o Pacto pela Vida tinha uma meta de 12% ao ano na redução dos Crimes Violentos Letais Intencionais. Esta meta só foi atingida nos anos de 2009 e 2010. “Em 2014, o programa dá claros sinais de que precisa ser rediscutido, com a ampliação no aumento da criminalidade”, afirma.

O governador destacou, especialmente, a onda sanguinolenta que se observa em Serra Talhada, onde, nos últimos 40 dias, nove pessoas foram assassinadas depois da execução do vereador Cição, que era policial. “Serra é um capítulo à parte. O secretário de Defesa e toda sua equipe estão atentos e trabalhando para tranquilizar a população”, afirmou.

PAU DE GALINHEIRO– Além de profundamente desgastado, conforme a comitiva do governador Paulo Câmara pôde sentir, ontem, durante o seminário Todos por Pernambuco, o prefeito de Palmares, João Bezerra (PSB), perdeu uma recente causa que deu ao município um prejuízo da ordem de R$ 10 milhões. “Ele vai sofrer uma derrota acachapante se disputar à reeleição”, constata o ex-deputado Enoelino Magalhães.

Vice no escuro – Filho da região, tendo vivido em Palmares até aos 16 anos, o vice-governador Raul Henry (PMDB) se emocionou, ontem, e em seu discurso revelou um segredo de estado: foi escolhido vice por Eduardo Campos sem saber quem seria o candidato a governador. “Ele apenas me disse que o candidato nunca tinha disputado uma eleição, mas era competente e ganharia”, afirmou, referindo-se a Câmara, que estava ao seu lado ouvindo atentamente.

Colhendo frutos – Voto contrário ao projeto de terceirização, o deputado Wolney Queiroz (PDT) colhe dividendos pela posição firme e inabalável que tomou, votando contra, inclusive, as emendas que, no seu entender, não soariam bem aos ouvidos dos trabalhadores. Seu celular está congestionado de mensagens de congratulações por parte dos segmentos os mais variados da classe trabalhadora.

Professores apanham – O pau cantou, ontem, em Palmares. Professores em greve que participavam de um manifesto denunciaram agressão física por parte de policiais truculentos que barraram a entrada do grupo na faculdade, onde foi realizado o seminário Todos por Pernambuco. A professora Viviane Barbosa, de Itapissuma, chegou a filmar um vídeo sendo violentada.

 

Palmas para ele – Um grupo de deputados foi recebido, ontem, em Curitiba, pelo juiz federal Sérgio Moro, responsável pela operação Lava Jato. Os parlamentares saíram impressionados com a disposição e a firmeza do magistrado. Ao longo da conversa, ele disse que não vai soltar nenhum dos acusados que se encontram presos e que continuará agindo de forma justa, mas implacável.

CURTAS

RECURSO– Em nota sobre a decisão do bloqueio dos seus bens e do ex-secretário João Bosco, o presidente da Compesa, Roberto Tavares, informou, ontem, que não havia sido ainda notificado e que quando vier vai recorrer, por se tratar de uma decisão proferida em caráter liminar.

SEM PRESSÃO– Nem adianta pressionar. O presidente do Senado, Renan Calheiros, disse a um grupo de senadores que o projeto da terceirização será enviado a quatro comissões (Direitos Humanos, Assuntos Econômicos, Assuntos Sociais e CCJ) antes de chegar ao plenário.

Perguntar não ofende: Na queda de braço entre Renan e Eduardo, quem vai sair vitorioso?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se

Onodera Estética

25/04


2015

Jarbas e os tucanos

De Marisa Gibson, na sua coluna do DIARIO deste sábado:

[...]

Por enquanto, o fato novo que animou os tucanos foi uma suposta candidatura do deputado federal Jarbas Vasconcelos (PMDB) à Prefeitura do Recife. Jarbas negou, mas os tucanos apostam numa divisão da Frente Popular, o que , em tese, poderia beneficiar o futuro candidato tucano, possivelmente Daniel Coelho. Apesar dessa esperança, é grande o movimento de lideranças do interior, com e sem mandato, em direção aos palanques do PSB e isso é um termômetro do que poderá acontecer também na capital. 

Fracasso à vista 

Profundo conhecedor do partido a que pertence há décadas, o deputado federal Jarbas Vasconcelos (PMDB) não aposta nada no sucesso da missão do vice-presidente Michel Temer (PMDB) de acalmar o partido no Congresso Nacional. “Quem vai endireitar o PMDB, ninguém”, antevê o deputado. 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se